Legislativas 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo: Janira Hopffer Almada projecta metas claras para “aumentar o número de votos para governar o país” 03 Abril 2021

A presidente do PAICV e candidata a primeira-ministra projecta “metas claras” para aumentar o número de votos e de mandatos no parlamento, nas próximas legislativas, para governar o País e implementar o projecto “Cabo Verde para Todos”.

Fogo: Janira Hopffer Almada projecta metas claras para “aumentar o número de votos para governar o país”

Segundo a Inforpress, Janira Hopffer Almada manifestou este desejo hoje de manhã, na cidade de São Filipe, ilha do Fogo, durante a abertura da campanha para as legislativas, depois de ter percorrido várias artérias desta urbe, sempre acompanhado pelos militantes e simpatizantes, galvanizados com a presença da sua líder.

Em tom acelerado, rodeada de bandeiras, dísticos e slogans do PAICV e da sua candidatura, a aspirante à chefia do Governo disse que o seu projecto está confiante na avaliação “feita por todos os cabo-verdianos, no país e na diáspora”, tendo traçado duras críticas a actual governação, com o argumento de que apesar da “propalada dinheiro que não acabe nunca mais, as promessas não foram cumpridas”.

Janira Hopffer Almada, que fez questão de contactar, de forma directa, a população com que depara em ritmo de música, com danças pelo meio, após ter sido recebido com pés de danças, sobretudo no Mercado Municipal e de Bucaron, estendeu as suas críticas à governação com promessas incumpridas como “o Porto da Furna na Brava” dentre as da ilha do Fogo.

Mais do que isto tudo, referiu, é a “situação com que a ilha do Fogo foi votada ao abandono com a actual governação”, alegando mesmo que “Fogo também faz parte de Cabo Verde, e que assim como os restantes pontos do país tem homens e mulheres com capacidade”.

Conforme a Inforpress, a este propósito indagou do porquê de ter sido necessário o novo presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Nuías Silva, ter anunciado o ensino superior na ilha do Fogo, para que o Governo pudesse lembrar que a ilha também tem pessoas e jovens com ambição, perspectiva e capacidade para fazer mais, aprender mais e fazer melhor”.

Depois de destacar a forma como foi recebida, sobretudo pelo eleitorado, disse estar “com muita confiança na capacidade da avaliação dos cabo-verdianos”, ressalvando que por força do resultado das autarquias de 25 de Outubro o Governo quer fazer em seis meses o que não fez nos quatro anos e meio.

Neste círculo eleitoral, referenciada como “bastião do PAICV”, Hopffer Almada vai, igualmente, presidir à cerimónia de lançamento da campanha eleitoral nos três municípios, designadamente São Filipe, Mosteiros e Santa Catarina.

Às legislativas do dia 18 de Abril para a eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais 10 no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e os três da diáspora) e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project