ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo/Miss Cabo Verde: Organização envida esforços para ter representantes de Santa Catarina e Mosteiros 23 Abril 2022

A organização do concurso Miss Cabo Verde está a envidar esforços para ter representantes dos municípios de Santa Catarina e Mosteiros no concurso que se realiza na segunda-feira, 25, na praça do Presídio, em Sáo Filipe do Fogo. O evento está sendo aguardado com muita expetativa e enquadra-se na celebração da festa da bandeira e do primeiro centinário da cidade dos sobrados.

Fogo/Miss Cabo Verde: Organização envida esforços para ter representantes de Santa Catarina  e Mosteiros

Segundo a Inforpress, as candidatas indicadas para representar os três municípios da ilha do Fogo no concurso de beleza, Miss Cabo Verde, foram excluídas por não preencherem os critérios para a participação neste concurso, mas para o município de São Filipe foi indicada Lidiana Monteiro que preenche os critérios.

Eloisa Morais, responsável pela organização do concurso Miss Cabo Verde, disse hoje que a organização está a fazer de tudo para ter os municípios de Santa Catarina do Fogo, prometendo que até ao final de hoje daria uma resposta sobre a representação dos dois municípios neste certame.

A Miss Cabo Verde 2022, que se realiza pela primeira vez na ilha do Fogo, contará com 22 candidatas dos municípios e das comunidades emigradas.

Eloisa Morais avançou, que além dos municípios de Santa Catarina do Fogo e Mosteiros, cujo processo está ainda por definir, não estão representados no concurso Miss Cabo Verde os municípios de Paul (Santo Antão) e São Miguel (Santiago).

A nível da diáspora, a candidata da França não irá participar por problemas relacionados com passaporte e que só na sexta-feira ficaram resolvidos, enquanto a candidata dos Estados Unidos deverá chegar nas próximas horas à ilha do Fogo.

“A Câmara de São Filipe convidou a organização para realizar o concurso Miss Cabo Verde, na ilha do Fogo e é um abraço a todas as cidades e queríamos ter todos os municípios representados”, disse Eloisa Morais, sublinhando que o processo está praticamente fechado neste momento.

Segundo ainda a Inforpress, com relação aos critérios, Eloisa Morais apontou que são aqueles exigidos a nível internacional, nomeadamente ter idade compreendida entre os 18 e 25 anos, ter 12º ano completo ou a concluir, não ser mãe como forma de estimular a continuidade de estudos e evitar ter filhos cedo, sublinhando que o critério relacionado com a tatuagem deixou de existir porque a ela passou a ser aceite pela organização internacional.

Quanto à polêmica relacionada com a realização do concurso Miss Fogo 2022, nomeadamente sobre a aceitação de candidatas que não possuem os requisitos de Miss Cabo Verde, como menor de idade, não ter 12º ano e ser mãe, Eloisa Morais evitou se posicionar sobre esta questão, afirmando que “a organização de Miss Cabo Verde não posiciona sobre as festas dos municípios e de miss municipais” porque depois podem escolher uma candidata para representar o município/ilha.

Eloisa Morais advogou que as candidatas devem estar conscientes das condições para participarem no concurso de Miss Cabo Verde e a organização dos concursos municipais ou regionais devem, para próximos anos, procurar as candidatas que preencham os critérios para representar a ilha com dignidade.

Para o concurso da próxima segunda-feira, 25, Eloisa Morais disse que “tudo está a decorrer na normalidade e a expectativa é que tenha muita participação das pessoas porque, segundo explicou, cada candidata vai trazer a realidade da sua cidade/município, escreve a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project