ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo: Moradias do Complexo Casa para Todos do bairro de Fonte Aleixo/Cobom vão ser concluídas 25 Maio 2022

As 24 moradias do Complexo Casa para Todos do bairro de Fonte Aleixo/Cobom, propriedade da Imobiliária Fundiária Habitat (IFH), em fase avançada de construção, serão concluídas dentro de três meses.

Fogo: Moradias do Complexo Casa para Todos do bairro de Fonte Aleixo/Cobom vão ser concluídas

Para a sua conclusão o Ministério das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, através da sua Direcção-geral do Planeamento, Orçamento e Gestão lançou um concurso restrito convidando empresas locais a apresentarem propostas para a empreitada de acabamento dos blocos de apartamentos do bairro de Fonte Aleixo/Cobom, subúrbio de São Filipe, cujas propostas foram abertas na última segunda-feira, 23.

A informação foi avançada à Inforpress por um técnico de uma das empresas convidadas para apresentar propostas, sublinhando que ainda não são conhecidas as empresas seleccionadas para concluir os trabalhos.

A conclusão das moradias acontece cerca de três anos depois de o tribunal de São Filipe ter notificado um grupo de famílias que, em Março de 2018, tinham apoderado dos 24 apartamentos do complexo.

O complexo de Fonte Aleixo/Cobom é constituído por um bloco com três alas, sendo duas alas de 10 moradias cada e uma terceira de quatro moradias, todas do tipo duplex (T3 e T2), com três e dois quartos, sala, cozinha, casa de banho e uma área de serviço.

Aquando da sua desocupação, os apartamentos estavam praticamente concluídos, com portas, janelas e instalações sanitárias em alguns casos, faltando apenas a pintura e pequenos acabamentos.

Aquando da desocupação das moradias calculava-se que 70 a 85 por cento (%) dos trabalhos estavam concluídos, e agora serão terminados.

Com relação aos 60 apartamentos de Xaguate Cima cujo processo de construção encontra-se mais atrasado e que foram desocupados em Julho de 2019, pouco meses depois da sua invasão, por ordem do tribunal da comarca de São Filipe, na sequência de providência cautelar intentada pela Imobiliária Fundiária Habitat (IFH).

No quadro do Programa Casa para Todos, a ilha do Fogo foi contemplada com cerca de 200 moradias (196) das classes A, B e C, das quais 112 foram concluídas, sendo 52 no município dos Mosteiros e 60 no de Santa Catarina do Fogo, e 84 habitações no município de São Filipe, nos bairros de Cobom (24) e Xaguate Cima (60) ainda por concluir.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project