NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo/Caso de homicídio: PJ desvenda desaparecimento da jovem de São Filipe depois de mais de um ano com recuperação de restos mortais 02 Outubro 2022

A Polícia Judiciaria (PJ) desvendou este sábado o desaparecimento da jovem Patrícia de Pina, mais conhecida por Preta, ocorrido a 13 de Setembro de 2021, com a detenção de um jovem e recuperação dos restos mortais.

Fogo/Caso de homicídio:  PJ desvenda desaparecimento da jovem de São Filipe depois de mais de um ano com recuperação de restos mortais

Segundo a Inforpress, por volta das 09:00 de sábado, na sequência das investigações intensificadas nos últimos dias por elementos da Polícia Judiciaria, o quintalão onde funciona a oficina de ferragem, situado a cerca de 200 metros do edifício da câmara municipal de São Filipe, foi cercado pela Polícia, dando inicio a escavações para encontrar os restos mortais.

As escavações aconteceram após a detenção do suposto autor do assassinato da jovem que que terá indicado à Polícia Judiciária o local onde o teria enterrado.

Depois de mais de quatro horas de trabalho no local, o suposto autor foi conduzido à esquadra da Polícia Nacional por volta das 12:40 e uma hora mais tarde, as 13:41, os restos mortais da Patrícia foi transportada de ambulância para morgue do hospital regional, aguardando para ulteriores exames.

Um dos elementos da PJ disse a um dos familiares que os restos vão aguardar a vinda de técnicos para realização de exames e que só depois será entregue à família para a realização do funeral.

Um dos irmãos da vítima disse à Inforpress que o jovem detido pela PJ sempre era o principal suspeito porque foi a última pessoa com quem a Preta estava na madrugada de 13 de Setembro de 2021, e, “apesar de tarde”, parabenizou a Polícia Judiciaria pelo trabalho realizado.

Segundo a mesma fonte, as autoridades policiais têm um prazo de 48 horas para apresentar o detido às instâncias judiciais para o primeiro interrogatório e aplicação da medida de coação.

No local, as autoridades não avançaram quaisquer outros pormenores sobre este caso que continua sob segredo da justiça.

Há pouco mais de duas semanas o Procurador da República da Comarca de São Filipe, Nelson Vaz, tinha garantido à ministra da Justiça, Joana Rosa, que o processo não tinha sido encerrado e que as investigações estavam a decorrer, mas sob segredo de justiça.

A jovem de 29 anos, de nome Patrícia de Pina, mais conhecida por Preta, do bairro de Beltches, saiu de casa no dia 13 de setembro de 2021 e nunca mais regressou, refere a fonte deste jornal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project