CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo: São Filipe terá estúdios de gravação até meados de Abril 18 Janeiro 2023

O município de São Filipe e a ilha do Fogo terão o seu primeiro estúdio de gravação até meados de Abril, por ocasião das festividades do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe.

Fogo: São Filipe terá estúdios de gravação até meados de Abril

O presidente da câmara de São Filipe, Nuías Silva, avançou à Inforpress que o Centro Cultural Armand Montrond, onde será instalado o estúdio de gravação, está “totalmente reabilitado”, estando agora na fase do desenho decorativo daquilo que será o centro cultural.

Para o autarca, seria “uma pena” ter o espaço “muito bem reabilitado” e depois introduzir coisas sem ser de uma forma pensada, acrescentando que o município já dispõe de vários equipamentos e instrumentos musicais, que podem servir para a montagem de um estúdio de gravação.

“Estamos a buscar parcerias de engenheiros de som e técnicos de iluminação para nos ajudar a montar o estúdio de gravação e as salas de músicas, de áreas de artes e um pequeno auditório com 48 lugares, que ficará na zona da antiga biblioteca e que servirá para formação teórica e outros tipos de intercâmbios”, precisou Nuías Silva.

O estúdio de gravação servirá, pelo menos, os interesses do público do município para poder captar sons dos artistas para participar em outros tipos de trabalhos, mas também para dar oportunidade e visibilidade aos artistas locais para fazerem as suas primeiras gravações de composições e distribuição nas redes digitais.

Com o estúdio de gravação, a ilha estará a dar “uma grande oportunidade” aos jovens talentos do município, da ilha e da região, mas também a criar oportunidades para que novos talentos possam surgir a partir da escola de música que será instalada no centro cultural Armand Montrond, segundo a mesma fonte.

“O timing é que na altura das festas de São Filipe poderá estar aberto ao público”, reforçou, lembrando que não é uma questão de abrir porque pode-se fazê-lo amanhã ou depois da amanhã.

Contudo, continuou, se se quer fazer as coisas com calendário, programa, professores, com inscrições e que não seja apenas um ato de marketing político de inauguração, mas “um ato efetivo” de disponibilização deste “importante instrumento” para o desenvolvimento cultural do municipal.

“Temos que pensar as coisas e contamos que dentro do quadro das festividades de São Filipe 2023 possamos estar a abrir o centro”, reforçou.

O centro vai ter um espaço de juventude, que será criado em parceria com o município de Racconigi (Itália), e neste momento está-se na fase de aquisição dos equipamentos, tendo a câmara de Racconigi solicitado a lista dos equipamentos para transferir as verbas para a aquisição local de equipamentos como computadores, mesas, secretárias e outros para o espaço onde irá funcionar o centro de orientação juvenil de São Filipe.

Ainda a nível cultural, Nuías Silva anunciou para Março, no quadro da cooperação descentralizada com o município português de Palmela, a vinda de um pintor para ministrar uma ação de formação de 35 horas na área de pintura e olearia, dando assim oportunidades a 15 jovens/mulheres de se capacitarem para trabalhar "souvenires" e outros aspetos ligado ao artesanato.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project