POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Fogo: Presidente da Câmara e o primeiro-ministro analisam os desafios para o desenvolvimento da ilha 29 Janeiro 2021

O presidente da câmara de São Filipe e do conselho diretivo da associação dos municípios do Fogo e da Brava, Nuias Silva, pretende abordar com o primeiro-ministro um conjunto de desafios para o desenvolvimento da ilha e da região.

Fogo:  Presidente da Câmara e o primeiro-ministro analisam os desafios para o desenvolvimento da ilha

Segundo a Inforpress, neste que é o primeiro encontro com o chefe do Governo, o autarca de São Filipe quer analisar aspetos relacionados com asfalto de algumas artérias da via de acesso ao porto e ao aeroporto, mas também abordar um conjunto de desafios para o desenvolvimento da ilha, tais como a questão do aeródromo e a sua transformação num aeroporto de médio porte, a questão da circular do Fogo e tentar estabelecer um compromisso entre os municípios e o Governo.

Na qualidade de presidente da associação dos municípios do Fogo e da Brava, Nuias Silva quer ver resolvido o problema de ligação com as ilhas, tanto a nível aéreo como marítimo, mas também o desbloqueio de verbas para a conclusão de algumas obras que estão paradas devido ao atraso no financiamento.

Com relação ao programa Casa para Todos que está paralisado há vários anos, o autarca disse que quer ver concluído o dossiê para que as casas, que estão praticamente concluídas, possam servir para a redução do deficit habitacional.

“Queremos discutir com o primeiro-ministro para estabelecermos uma plataforma de entendimento para o desbloqueio das verbas para a retoma de algumas dessas atividades”, indicou Nuias Silva.

Conforme a mesma fonte, o autarca, independentemente do posicionamento político, defende o desenvolvimento local e, enquanto presidente de câmara, disse que o seu compromisso é com o desenvolvimento e está disponível e com total abertura e capacidade para encontrar as melhores soluções para a ilha e para o município.

No encontro com o primeiro-ministro a questão da desactivação da lixeira municipal, que funciona a escassos metros do hospital regional e de uma unidade turística, e a solução para o saneamento da cidade vai merecer atenção.

O autarca apontou que pretende mobilizar esforços para num prazo muito curto selar esta lixeira e iniciar o processo de tratamento de lixo numa outra localidade com melhores condições sanitárias, ambientais e com menos impacto possível sobre as populações.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project