ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Forças Armadas dos EUA e Cabo Verde discutem possibilidade de instalação do comando do Africom no país-arquipélago 21 Fevereiro 2018

Forças Armadas dos EUA e Cabo Verde discutem possibilidade de instalação do comando do Africom no país-arquipélago

“Eles questionaram se temos algum interesse em assumir a sede do AFRICOM em Cabo Verde. É uma possibilidade", avançou em declarações à comunicação social o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas.

"Seria algo muito interessante a pensar no futuro", prosseguiu o CEMFA, embora esclareça que "seria uma decisão governamental" que "não depende de nós como instituição militar".

Recetivo, Anildo Morais indica que Cabo Verde tem as condições necessárias para sediar o Centro do Comando dos EUA para a África.

A delegação norte-americana, chefiada pelo general Edward W. Thomas Jr., esteve acompanhada do embaixador dos EUA em Cabo Verde, Donald Heflin.

A visita, de acordo com o chefe da missão, acontece no âmbito das viagens da delegação da CAPSTONE, a Escola das Altas Patentes do Exército, da Universidade da Defesa Nacional, sediada na capital dos Estados Unidos, a vários países do AFRICOM. O seu objetivo é abordar as questões relacionadas com a política de defesa, estratégias e desenvolvimentos internacionais, nos encontros com personalidades ligadas ao setor de Defesa e Segurança Marítima dos países visitados.

Para o general Anildo Morais, a escolha de Cabo Verde para a realização dessa visita da delegação da CAPSTONE demonstra o nível da cooperação existente entre as Forças Armadas de Cabo Verde e dos Estados Unidos.

“Demonstra a importância que eles dão a Cabo Verde e isso para nós traz também alguns desafios, porque aquilo que temos previsto é o incremento da cooperação entre os dois países a nível da defesa e certamente eles serão colocados em pontos- chave a nível nacional e serão interlocutores no sentido desse incremento”, explicou.

Cooperação na vigilância da ZEE

Anildo Morais adiantou que durante o encontro os generais americanos, além de procurarem inteirar-se do funcionamento das FA, abordaram questões como a cooperação, os desafios e a visão do setor da Defesa de Cabo Verde.

“Falámos da Guarda Costeira que tem vindo a ter níveis de colaboração muito próxima e também falamos da necessidade de termos uma presença mais assídua de navios da Guarda Costeira dos Estados Unidos, no sentido de nos apoiarem na fiscalização da nossa zona económica exclusiva e com oportunidade para treino e formação para os nossos militares da guarda costeira ”, disse.

Fontes: Sites da CAPSTONE/National Defense University e US Embassy CV (foto). Africadigital e Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project