INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

França: 1º de maio violento em Paris — MAI anuncia 100 mil na rua e 56 detidos 03 Maio 2021

A Festa dos Trabalhadores em Paris foi marcada pelo regresso dos desfiles de sindicatos, mas também pela violência, que levou a cinquenta e seis detenções, segundo anuncia na tarde de sábado, 1, o ministro Darmanin. Entretanto Marine Le Pen assumia o plano ultraliberal para o empresariado jovem.

França: 1º de maio violento em Paris — MAI anuncia 100 mil na rua e 56 detidos

O dia dos trabalhadores juntou mais de cem mil pessoas em França. Para festejar e para reivindicar contra a reforma do seguro-desemprego que penalizará uns dois milhões de desempregados.

"É a guerra contra os desempregados", ouviu-se na praça.

33 ’1ºs de Maio’ à Jeanne d’Arc

A extrema-direita francesa apropriou-se desde 1998 da heroína nacional. Jeanne d’Arc/Joana d’Arc é celebrada pelo partido de Le Pen em todo o ’1º de Maio’ com a deposição de uma coroa de flores aos pés da sua estátua dourada na praça das pirâmides em Paris.

Em tempos de pandemia, o "meeting" numérico de 2021 fica marcado pelo discurso breve de Marine. Desta vez ainda mais próxima da presidencial de 2022, a líder da extrema-direita dirigiu-se à juventude.

"Vocês foram as primeiras vítimas do desnorte e erros dos nossos governantes", acusou ao introduzir a lista dos "males desta geração". Solução: com ela na presidência "os jovens", de menos de trinta anos, sobretudo os "menos pobres", terão incentivos para

Fontes: Le Monde/L’Express/.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project