INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

França: Imã condenado à expulsão para Marrocos está fugido — Defesa e oposição denunciam pressão do executivo sobre justiça 02 Setembro 2022

Está fugido o líder religioso Hassan Iquioussen, nascido em França e cuja expulsão para Marrocos foi assinada pelo ministro da Administração Interna e validada pelo Conselho de Estado nesta quarta-feira 30. A LFI denuncia a pressão do executivo sobre a "mais alta jurisdição francesa" que anulou a decisão do tribunal administrativo de Paris pela qual a ordem foi de expulsão foi suspensa por "atentar de modo desproporcional ao direito de levar uma vida privada e familiar normais".

França: Imã condenado à expulsão para Marrocos está fugido — Defesa e oposição denunciam pressão do executivo sobre justiça

A polícia conduz buscas no domicílio do imã Hassan Iquioussen, de 58 anos, que desde quarta-feira é dado como foragido à justiça. Ninguém, nem a sua família ou advogada, dão qualquer indicação de onde ele se encontra.

O ministro Gérald Darmanin, da Administração Interna, assinou dois dias antes, segunda-feira, a ordem de expulsão. O recurso ao tribunal administrativo suspendeu a ordem, mas o Conselho de Estado validou-a dois dias depois.

A LFI-La France Insoumisse, a segunda força no parlamento francês, denuncia — alinhando com a defesa do imã — a "pressão sem precedentes do executivo sobre a justiça", como demonstra a atuação da "mais alta jurisdição francesa" que é o Conselho de Estado.

Acusado de radicalismo e antissemitismo

O líder religioso — como imã e professor de estudos islâmicos — acusado de pregar o radicalismo e o antissemitismo está inscrito no FFR-ficheiro de pessoas procuradas.
Hassan Iquioussen nasceu em Denain, perto Lille a capital do Pas-de-Calais a 180 km de Paris. O pai marroquino instalou-se na região desde 1936 e em 1958 constituiu família com uma franco-argelina. Dos nove filhos do casal, apenas Hassan, o quinto, teve negados dois pedidos de naturalização francesa em 1984 e 1990.

A autarca da terra natal do imã, Anne-Lise Dufour-Tonini eleita pelo PS, em declarações à rádio local expressou: "Isto dá imensa publicidade e o meu receio é que , a cada menção do nome [Hassan Iquioussen], isso não coloque os miúdos diante dos seus vídeos na internet a escutar os seus discursos e a seguir o que ele diz!"

Apesar de uma evolução no seu pensamento, em que passou dos discursos contra "o estado laico francês marcado pelo sionismo" desde 2003, para a pregação desde 2014 a favor de... , como atestam os vídeos publicados no YouTube, o imã Iquioussen fundador da Juventude Muçulmana de França é tachado pelo seu passado.

Em Marrocos "corre perigo de vida por ter criticado o rei"

Segundo a família do imã, a sua expulsão para Marrocos é uma condenação dura que pode resultar em atentado à sua vida, já que Iquioussen é conhecido pelo seu posicionamento crítico ao rei de Marrocos.

O crime capital de lesa-majestade pende sobre o crítico do rei Mohammed VI, dizem os seus próximos, que "corre risco de vida logo que puser o pé em solo marroquino".
— -

Fontes: TF1/ Le Figaro.fr/ France TV/... Fotos: Hassan Iquioussen. A polícia conduz buscas na casa em Lourches, 178 km a norte de Paris; a propriedade, que o casal Iquioussen comprou em 2003 a um tio de Gérald Darmanin, tem um hectare e meio de área, segundo Sofiane Iquioussen confirmou à imprensa. O ministro Darmanin (foto ao alto), um dos mais jovens deputados em 2012 (aos 29 anos) da direita UMP/LR, tem raízes no Magrebe — através do avô materno argelino Moussa que foi militar e resistente francês na Segunda Guerra —, em Malta...

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project