DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Futebol/Fogo: Botafogo volta a representar a ilha no campeonato nacional 12 anos depois 06 Abril 2022

O Botafogo Futebol Clube, fundado a 13 de Julho de 1973, vai representar, este ano, a ilha do Fogo no campeonato nacional de futebol, depois de uma ausência de 12 anos.

Futebol/Fogo: Botafogo volta a representar a ilha no campeonato nacional 12 anos depois

A equipa do Botafogo sagrou-se campeã regional do futebol do Fogo, época 2021/22, na ronda disputada este fim de semana, e, quando ainda faltam disputar duas jornadas, um título que perseguia desde a temporada 2009/10, há precisamente 12 anos.

Com a conquista do campeonato regional do primeiro escalão, a formação do Botafogo amealha assim o seu 17º título regional ao que se soma um título nacional, sendo a única equipa da ilha do Fogo que ostenta o título de campeão nacional de futebol.

Esta agremiação desportiva contabiliza 17 títulos regionais conquistados nas épocas de 1975/76, 1976/77, 1977/78, 1978/79, 1979/80 (também foi campeão nacional ao derrotar o Mindelense na final), 1980/81, 1982/83, 1984/85, 1985/86, 1988/89, 1989/90, 1991/92, 1995/96, 2000/01, 2005/06, 2009/10 e agora em 2021/22.

Na época de 1981/82, não se realizou o campeonato regional e, para encontrar o representante da ilha no campeonato nacional, realizou-se a taça Fogo, em que o Botafogo sagrou-se vencedor (2-0), mas perdeu na secretaria para o Clube Desportivo Juventude.

Aliás, este é o único título que é atribuído a esta agremiação desportiva, que na prova nacional, na disputa do acesso à final contra Morabeza da Brava perdeu por 1-0, no prolongamento e na conversão de uma grande penalidade por Ramiro.

A seguir ao Botafogo, a Académica, fundada em 1962, detém maior número de conquistas, tendo arrecadado um total de 14 títulos de campeão regional nas épocas de 1983/84, 1986/87, 1987/88, 1990/91, 1992/93, 1994/95, 1996/97, 2001/2002, 2004/05, 2007/08, 2011/12, 2012/13, 2013/2014 e 2018/19. Por cinco vezes, atingiu as meias-finais e uma vez a fase final do campeonato nacional de futebol, na época 2013/14 que perdeu para a equipa do Mindelense, de São Vicente.

O Vulcânico vem logo a seguir com 12 títulos, referentes às épocas de 1993/94, 1997/98, 1998/99, 1999/2000, 2003/2004, 2006/07, 2008/09, 2010/11, 2015/16, 2016/17, 2017/18 e 2020/21. Na época 2019/20 devido a pandemia não foi atribuído título.

Cutelinho de Mosteiros conquistou o seu único título, na época de 2002/03, altura em que o campeonato foi realizado apenas no estádio Francisco José Rodrigues (Mosteiros) devido à intervenção no estádio 5 de Julho, e Spartak sagrou-se campeão na época de 2014/15, na altura treinada pelo português Joel de Castro, actualmente treinador da Académica.

O Spartak, que foi campeão em 2014/15, vai ser despromovido ao segundo escalão, juntamente com mais uma equipa, entre Juventude, Desportivo ou Grito Povo, dependendo dos resultados das duas jornadas, sendo que Juventude fica obrigada a ganhar para que as duas equipas percam os seus respectivos jogos.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project