DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Futebol/Fogo: Despromovida Spartak fica de fora das provas regionais 08 Novembro 2022

A Associação Desportiva, Cultural e Recreativa Spartak de Aguadinha, despromovida na época passada, fica de fora das provas regionais de futebol, da época 2022/23, na região desportiva do Fogo.

Futebol/Fogo: Despromovida Spartak fica de fora das provas regionais

A inscrição das equipas na plataforma terminou no passado dia 31 de Outubro e esta agremiação desportiva da Cidade de São Filipe não conseguiu inscrever os seus jogadores e já comunicaram a Associação Regional do Futebol do Fogo (ARFF) de que não participarão das provas esta temporada.

O Spartak foi fundado em 2002 e desde a época futebolística 2002/03 participa do campeonato regional do primeiro escalão, tendo sido campeão na época 2014/15 e classificado por três vezes no terceiro lugar nas temporadas de 2008/09, 2009/10, 2015/16.

Foi vencedor da taça Fogo em futebol, na época 2006/07, e, ao representar a ilha na taça de Cabo Verde, classificou-se em terceiro lugar. Foi por duas vezes finalista da taça Fogo em futebol, nas épocas 2010/11 e 2019/20.

Esta é a primeira vez que a equipa de Spartak fica de fora das provas regionais desde a sua oficialização e inscrição na Associação Regional de Futebol do Fogo.

Além do Spartak, a formação de Nova Era, do bairro de Terra Branca, também não participa, pelo segundo ano consecutivo, das provas regionais, assim como a formação da zona norte alta, Brasilim, que também não conseguiu inscrever-se na plataforma.

“Provavelmente tiveram dificuldades, pedimos o ponto focal para dar ponto da situação, ainda não é possível, porque há muitas pendências, tanto a nível da região como da federação e esperamos brevemente ter o quadro claro das equipas que virão disputar as provas oficiais”, disse Pedro Pires, presidente da direcção da ARFF.

Pires apontou que haverá uma segunda janela de inscrição, mas não neste momento, talvez nos meses de Janeiro/Fevereiro, mas não permitem às equipas que não se inscreveram até 31 de Outubro a possibilidade de participar das provas, esta temporada.

“Lamentamos as equipas que não conseguiram inscrever-se, não nos contactaram para inteirarmos da causa, mas a situação de cada equipa será um momento para repensar a sua forma de organização e de estar nas provas oficiais”, disse.

Como as três equipas, todas do grupo de São Filipe, não vão participar nas provas e a ARFF terá de reagendar o modelo do campeonato regional do segundo escalão, referiu Pedro Pires, admitindo que provavelmente as equipas de Santa Catarina do Fogo terão problemas com a inscrição, sublinhando que “estranhamente” esta época as equipas não procuraram apoio da associação para ultrapassar os problemas como aconteceu nos anos anteriores em que houve sempre uma preocupação de solicitar o apoio da associação.

Assim o campeonato regional do segundo escalão será disputado por dez equipas, nomeadamente Atlântico, Juventude, Juventus de Curral Grande e Luzabril (São Filipe), Baxada, Esperança, Parque Real e Pavense (Santa Catarina do Fogo) e Atlético (Mosteiros).

Há várias épocas que o campeonato regional do segundo escalão era disputado em dois grupos, sendo um constituído pelas equipas de São Filipe e outro formado pelas equipas dos Mosteiros e Santa Catarina, em que os dois primeiros classificados de cada grupo ficam apurados para a segunda fase, disputado no sistema todos contra todos a duas voltas.

Com a redução das equipas inscritas no segundo escalão o modelo vai ser reanalisado ainda antes do sorteio.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project