DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Futebol: Seleccionador nacional garante que Jovane Cabral poderá vir a ser opção em futuros jogos da selecção 16 Maio 2021

O seleccionador nacional de futebol, Bubista, garante que o atacante do Sporting de Portugal Jovane Cabral poderá vir a ser opção em futuros jogos da selecção de Cabo Verde.

Futebol: Seleccionador nacional garante que Jovane Cabral poderá vir a ser opção em futuros jogos da selecção

Em entrevista à Rádio de Cabo Verde (RCV), para perspectivar os dois jogos particulares marcados para Junho, com Guiné-Bissau e Senegal, Bubista informou que o jogador já manifestou a sua disponibilidade para representar a equipa nacional.

Essa intenção foi manifestada, adiantou o timoneiro nacional, ainda durante a fase de qualificação para o Campeonato Africano da Nações (CAN).

“Antes de termos jogado com os Camarões, Jovane disse-nos que já estava disponível para representar a selecção (…) nos próximos jogos ele estará pronto para representar a selecção com qualquer outro jogador cabo-verdiano”, garantiu.

No entanto, esclareceu que o jogador nunca recusou representar a selecção de Cabo Verde, sendo que sempre apresentou motivos pessoais que o impediam de integrar o combinado nacional.

“Ele nunca disse, pelo menos à nossa equipa técnica, que nunca viria. Disse-nos que tinha situações individuais que tinha de resolver e, da nossa parte, sempre respeitamos essa parte”, explicou.

Para o timoneiro dos Tubarões Azuis, nome pelo qual é conhecida a selecção de Cabo Verde, mesmo que o jogador tivesse recusado, a decisão teria de ser respeitada.

“Acho os comentários de algumas pessoas extremamente exagerados. Mesmo que ele não quisesse jogar pela selecção, ele tem todo o direito de escolha, o que há de mal nisso? Nada!”, sublinhou.

O futebolista internacional cabo-verdiano Jovane Cabral levantou a bandeira de Cabo Verde em pleno Estádio de Alvalade, em Lisboa (Portugal), após sagrar-se terça-feira, 11, pela primeira vez, campeão de Portugal ao serviço do Sporting.

Durante os festejos, o extremo do Sporting ergueu a bandeira de Cabo Verde e a levou às costas quando recebia a medalha de campeão das mãos do presidente da Liga Portuguesa de Futebol, Pedro Proença.

Sobre esse facto, Bubista defendeu que o jogador “tem todo o direito de festejar com a sua bandeira”.

“Ele é cabo-verdiano como qualquer um de nós. Fiquei feliz com o gesto dele, porque se sente cabo-verdiano”, começou por defender o seleccionador, para quem as críticas dirigidas ao avançado são exageradas”, frisou.

O jovem, natural de Santa Catarina de Santiago, que há seis anos representava o Desportivo de Nhagar (Assomada), foi contratado na época 2013/2014 para representar os juniores do clube português.

Jovane Cabral estreou-se na selecção de Cabo Verde com 18 anos, num jogo amigável com o Luxemburgo, em Março de 2017.

A primeira convocatória para um jogo oficial foi para as eliminatórias do CAN’2017, com a Líbia, realizada no Estádio Nacional, mas não foi utilizado.

O Sporting sagrou-se campeão português de futebol pela 19.ª vez, ao vencer em casa o Boavista por 1-0, no Estádio de Alvalade, em jogo da 32.ª jornada da I Liga Portuguesa. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project