ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Suspeita de narco-estado: Governo contesta que não é primeira vez que surgem artigos com intenção de manchar a imagem e credibilidade de Cabo Verde 30 Agosto 2020

« Não é a primeira vez que artigos da mesma natureza são publicados e reproduzidos com intenção deliberada de atingir e manchar a imagem e a credibilidade de Cabo Verde, associando o país ao narcotráfico», diz o governo de Cabo Verde, reagindo a propósito de uma publicação digital posta a circular com a referência “London Daily Post: ’Luxembourg invests in Cape Verde - Newest African Narco-State’”.

Suspeita de narco-estado: Governo contesta que não é primeira vez que surgem artigos com intenção de manchar a imagem e credibilidade de Cabo Verde

Para a cidade da Praia, a peça jornalística dada à estampa é de uma profunda falta de respeito à verdade e ao percurso histórico do país, reconhecido internacionalmente por todo o tipo de parceiros nacionais e internacionais, inclusivamente, o Reino Unido. «A única fonte do artigo é, também ela, uma peça baseada em falsidades e prejudicial à imagem do país e sem qualquer respeito, por outro lado, à necessidade do contraditório, quando se pretende atribuir a Cabo Verde, o epíteto totalmente inapropriado, de Narco-Estado».

O comunicado do governo faz questão de realçar que o conceito de narco-Estado é tudo menos o que Cabo Verde representa, pois, em nenhum momento da sua história Cabo Verde, enquanto Estado, compactuou, foi complacente ou se aproveitou do tráfico de Drogas e dos seus vários crimes conexos. « Muito pelo contrário, poucos países do mundo, se analisados no que se refere à sua população e o seu território marítimo, tem feito mais apreensões de droga e detido mais criminosos, nacionais e estrangeiros», realçou o documento, asseverando que qualquer pesquisa minimamente séria, a sites de notícias dos últimos 20 anos, dá conta disso mesmo, num país que tem estado sempre alinhado com as melhores práticas internacionais, que tem uma rede de parceiros internacionais a que recorre e que recorrem ao país, no esforço conjunto de combate à Criminalidade Transnacional Organizada.

Considerou que os desafios enfrentados pelo país na vigilância efetiva do seu imenso território marítimo têm sido assumidos com muita seriedade, com o apoio de vários países parceiros e, repita-se, com apreensões sucessivas, que apenas os propositadamente desatentos, podem escamotear, numa tentativa de manchar o bom nome do país, com motivações escusas. « O Luxemburgo é, há mais de 30 anos, um parceiro de desenvolvimento de Cabo Verde, assim como vários países da União Europeia bilateralmente, que não apenas tem acompanhado o esforço de melhoria das condições de vida dos seus cidadãos, mas também o nosso comprometimento no combate ao tráfico de drogas, relativamente ao qual, na sub-região, poucos países estarão, nos últimos anos, a fazer mais, para impedir que a cocaína sul americana chegue ao consumidor europeu», fundamentou.

Sublinhou ainda que a União Europeia, que mantém com Cabo Verde uma Parceria Especial, dá particular importância às questões securitárias, baseando-se tal parceria num Pilar relativo à Segurança e Estabilidade, assente no reconhecimento que faz da importância do arquipélago na manutenção da segurança da Europa e do nosso papel no enfrentamento da criminalidade internacional. « Basta consultar as várias notícias e relatórios da ONUDC, dos últimos 15 anos, para se chegar à conclusão das intenções maquiavélicas dos produtores de artigos do tipo publicado pelo “London Daily Post”. Cabo Verde é um Estado de Direito Democrático, com uma Justiça independente, com um sistema de segurança comprometido e efetivo e que tem contribuído ativamente para a diminuição da oferta de drogas no continente europeu», concluiu o comunicado do governo de Cabo Verde a que este jornal teve acesso.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project