DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Gracelino Barbosa conquista ouro no campeonato do Mundo nos 60 metros barreiras em França 04 Mar�o 2018

O atleta paraolímpico internacional cabo-verdiano, Gracelino Barbosa, conquista medalha de ouro nos 60 metros no Campeonato do Mundo para atletas com insuficiências intelectuais, que decorre em Val de Reuil, França.

Gracelino Barbosa conquista ouro no campeonato do Mundo nos 60 metros barreiras em França

A medalha de Ouro para para Grecelino está a ser a noticia do dia, constituindo motivo de orgulho para os cabo-verdianos residentes no país e no estrangeiro.

Este é mais um título conquistado pelo atleta de 29 anos, nascido no Tarrafal de Santiago e que é referenciado, juntamente com Márcio Fernandes, pelo Comité Paralímpico de Cabo Verde, como os maiores atletas cabo-verdiano dos desportos paralímpicos.

Gracelino Barbosa havia afirmado na véspera da competição que estaria motivado e com vontade por estar a representar Cabo Verde, razão por que iria dar o seu melhor, não obstante ter viajado para França sem que tivesse participado antes em grandes competições internacionais que lhe permitisse afinar a performance.

De acordo com o atleta, estava consciente do enorme peso que tinha nos ombros devido a sua condição de “recordista do mundo”, facto que faz atrair os holofotes, mas ao mesmo tempo tinha o sentimento de ter entrado neste mundial com responsabilidades acrescidas e uma elevada autoestima para realizar a sua prova.

Barbosa esteve na ribalta do desporto paralímpico mundial em 2017 por ter protagonizado um um raro efeito ao sagrar-se tri-campeão do mundo nas disciplinas dos 400 metros barreiras, nos 100 metros livres e nos 110 metros barreira, durante o Campeonato do Mundo, realizado em Baangkok, na Tailândia, num espaço de três dias.

Na ocasião, Gracelino Barbosa foi mesmo eleito melhor Atleta Masculino do Campeonato do Mundo do ano.

Esta proeza fez com que o Governo de Cabo Verde galardoasse o atleta com o Segundo Grau da Medalha de Mérito Desportivo, em reconhecimento às vitórias conseguidas no IX Campeonato Mundial da Federação Internacional de Desporto Para-Atletas com Deficiência Intelectual (INAS).

Gracelino é referenciado, juntamente com Márcio Fernandes, pelo Comité Paralímpico de Cabo Verde como os maiores atletas cabo-verdiano dos desportos paralímpicos.

Recorde-que, Gracelino Barbosa conquistara a medalha de bronze na XV dos Jogos Paralímpicos Rio’2016, Brasil, com o tempo de 48:55 segundos na prova dos 400 metro categoria T20 (deficiente intelectual), tendo sido batido pelo brasileiro Daniel Martins, campeão e recordista do mundo da categoria em título (medalha de Ouro) e pelo venezuelano Paiva Luis Arturo (medalha de Prata).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project