NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Grupo de seis violadores de menores no Sal: Tribunal manda para cadeia um dos suspeitos e decreta para os cinco restantes proibição de contatos com as três vítimas e interdição da saída do país 20 Janeiro 2023

O Tribunal da Comarca do Sal acaba de decretar prisão preventiva para um dos seis suspeitos de violação sexual de três menores com penetração. Os cinco restantes ficaram sob o termo de apresentação três vezes por semana na PJ, proibição de contacto com as vítimas e interdição de saída da ilha e de Cabo Verde. Em causa está a prática de múltiplos crimes de abuso e agressão sexual de menor pelos supostos violadores, que antes da consumação dos atos obrigavam as meninas estudantes a consumirem droga, numa casa abandonada que fica nas imediações do Liceu, na cidade dos Espargos.

Grupo de seis violadores de  menores no Sal: Tribunal manda para cadeia um dos suspeitos e decreta  para os cinco restantes  proibição de contatos com as três vítimas e interdição da saída do país

Em comunicado, a Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal do Sal (DICS), precisa que, em cumprimento de mandados emitidos pelo Ministério Público, deteve, na tarde do dia 17 de janeiro, seis indivíduos do sexo masculino, com idades compreendidas entre 17 e 65 anos de idade, todos residentes na cidade de Espargos, pela prática de uma multiplicidade de crimes de agressão Sexual e abuso sexual de menor, com penetração.

«Partes dos detidos, aproveitavam dos horários escolares para conduzirem as vítimas -três adolescentes, todos do sexo feminino, com idades entre os 12 e 14 anos de idade, para uma casa abandonada, localizada nas imediações do Liceu, onde lhes facultavam drogas que consumiam, e posteriormente as agrediam sexualmente», lê-se na nota da PJ.

Segundo a mesma fonte, os detidos foram apresentados na manhã de quinta-feira, 19 janeiro, às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguidos detidos e aplicação de medidas de coação pessoal, tendo sido aplicado a um dos detidos prisão preventiva e aos restantes cinco indivíduos a apresentação três vezes por semana na PJ, proibição de contacto com a vítima e interdição de saída da ilha e de Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project