ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Grupo parlamentar do MpD acusa PAICV de ser uma oposição “incoerente e desnorteada” 27 Fevereiro 2018

O grupo parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD) acusou hoje,26, o PAICV de fazer uma oposição “incoerente, desnorteada e desesperada”, atacando as empresas e os investimentos feitos no país. Tudo por causa das deu denúncias da oposição sobre suspeitas de favorecimento à Tecnicil pelo vice-primeiro-ministro, Olavo Correira.

Grupo parlamentar do MpD acusa PAICV de ser uma oposição “incoerente e desnorteada”

As acusações ao maior partido da oposição foram feitas pelo deputado Carlos Monteiro, em declaração política, que teve como base a lei que altera as taxas do direito de importação dos produtos e derivados do lacticínio, recentemente aprovada pelo Parlamento, e que gerou suspeições.

Segundo o deputado, citado pela Inforpress, nas últimas semanas, o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) está a agir de forma “desacertada , incoerentemente e sem precedentes”, lembrando que esta força força política votou a favor de uma medida de incentivos à indústria nacional de lacticínios e mês seguinte volta para criticar essa mesma medida que votou livremente e consciente.

No seu entender, além de mostrar uma oposição desnorteada, o PAICV está desesperado. «É desta forma que a oposição tem comportado em relação à lei que altera as taxas do direito de importação dos produtos e derivados do lacticínio e a proposta que cria um estatuto diferenciado para o titular de segunda residência em Cabo Verde, através da emissão do Green Card – Autorização de Residência Permanente no País”», sublinhou, frisando que o PAICV deve decidir se é a favor ou contra o emprego e empresas.

Realçou que o sector privado tem um papel preponderante no desenvolvimento do país e na criação de emprego, é que para tal é preciso que se crie incentivos de apoio, sem qual quer complexo e muito menos ziguezague ou populismo.

“O investimento privado não combina com a falta de previsibilidade e mudanças constantes de posição e de estratégias, não deve ser vedada qualquer área de investimento sobre protestos de soberania e deve ser dada a oportunidade de se investir em qual quer sector da economia”, precisou, realçando que o Estado tem o papel de fazer uma boa regulação e criar incentivos no sentido de atrair capital nacional e estrangeiro.

Conforme a mesma fonte, Carlos Monteiro assegurou que é neste sentido que o grupo parlamentar do MpD reitera todo o apoio ao Governo que, segundo o deputado, tem implementado medidas para investimentos privados e de incentivo à economia nacional, que, no seu entender, estão completamente alinhados com as ideologias do MpD, que é ter um país desenvolvido a crescer e que esteja ancorado ao sector privado “forte e pujante”.

“Um dos maiores desafios de Cabo Verde é o emprego remunerado. E só será possível se proporcionamos um crescimento económico diferente daquilo que tem acontecimento nos últimos anos”, sublinhou.

UCID exige respeito à oposição democrática

Em reacção à declaração política do MpD, o deputado da União Cabo-verdiana Independente e Democratica (UCID) João Santos Luís exigiu mais respeito porque, destacou, nenhum governo “consegue governar sem oposição democrática, sendo que a oposição é tão importante como os governantes”.

João Santos Luís disse ainda que as afirmações preferidas pelo deputado do MpD não condizem com a verdade, uma vez que as famílias cabo-verdianas continuam na pobreza, os estudantes universitários continuam a abandonar os estudos e os bens de primeira necessidade, como o leite, a água e iogurte aumentaram.

“O crescimento económico tem de ter impacto na população, melhorar a vida da população de uma forma em geral”, sublinhou o deputado, frisando, conforme a Inforpress, que os idosos continuam a receber ainda cinco mil escudos por mês.

É de salientar que a sessão da Assembleia Nacional, que se iniciou hoje,26, deverá debater questões ligadas ao Programa Casa para Todos, a adopção do Dia Nacional da Morna e uma série de propostas de lei que concedem autorização legislativa ao Governo para legislar sobre várias matérias de interesse para o país. c/Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project