INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Guerra na Ucrânia: Centenas de vítimas, 99 mortais em estação de comboios de Kramatorsk bombardeada — Rússia nega e aponta dedo a Kiev 09 Abril 2022

A estação ferroviária de Kramatorsk, cidade do leste ucraniano, foi atingida por ataques de mísseis na manhã desta sexta-feira. "Mais de cem pessoas estão feridas e pelo menos 39 morreram", anunciou o governador local. O número de mortos atingiu a centena ao início da tarde. A Rússia negou de imediato a alegação de ter bombardeado a cidade: "As nossas Forças Armadas não usam esse tipo de mísseis. O nosso plano de ação não inclui nenhum tipo de atividades em Kramatorsk hoje".

Guerra na Ucrânia: Centenas de vítimas, 99 mortais em estação de comboios de Kramatorsk bombardeada — Rússia nega e aponta dedo a Kiev

A estação de Kramatorsk, utilizada por milhares de pessoas que procuram escapar para fora da cidade — dada a intensidade de ataques nos últimos dias no norte ucraniano —, foi bombardeada na manhã de sexta-feira. As autoridades ucranianas de imediato apontaram o dedo aos invasores russos.

A apoiar a acusação, o explosivo Tochka-U da foto (ao alto, à d.ta) continha a inscrição "Za detei/Para as crianças". Contudo, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, que se pronunciou após o MNE Sergey Lavriv apontou que as tropas russas não usam o míssil do tipo Tochka-U de curto-alcance.

A expressão em russo (em que a mesma preposição "za" pode ter duas traduções: por e para) pode ter duas interpretações. Uma, que foi lançada para apoiar as crianças. Outra, que foi lançada em prol das crianças, para vingar um ataque que vitimou crianças.

Fontes: Telegram/BBC/Sputnik/NY Times/... Fotos: Guerra com armas e com propaganda de ambos os lados. No meio, os inocentes.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project