LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Guiné Bissau: Cerca de 20 pessoas mortas após serem acusadas de feitiçaria 01 Abril 2019

O presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos, Augusto da Silva, denunciou, no dia 29 de Março, que cerca de 20 pessoas foram mortas nos últimos 12 meses, acusadas de prática de feitiçaria nas diferentes regiões do interior do país.

Guiné Bissau: Cerca de 20 pessoas mortas após serem acusadas de feitiçaria

As regiões de Quinará, no sul, Biombo no nordeste e Bissorã e São Domingos, no norte, são as zonas de onde a Liga tem recebido denúncias recorrentes de casos de mortes ligadas com acusações de prática de feitiçaria, disse à Lusa Augusto da Silva.

Por qualquer alegação, os populares partem logo para agressão verbal e física contra o suspeito da prática de feitiçaria. Por serem localidades distantes dos centros urbanos, quando a polícia chega já a vítima está morta ou em estado grave, após espancamentos, disse o dirigente da Liga Guineense dos Direitos Humanos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project