LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Guiné-Bissau: Liga Guineense dos DH denuncia tortura de jovens pela polícia 05 Julho 2021

A Liga Guineenses dos Direitos Humanos denunciou hoje que três jovens foram espancados e torturados pelas forças de segurança em Bafatá, leste do país, criticando a atuação policial como "nojenta" e "cobarde".

Guiné-Bissau: Liga Guineense dos DH denuncia tortura de jovens pela polícia

Segundo a organização não-governamental guineense citado pela Lusa, três jovens, entre os quais o presidente do Conselho Regional de Juventude, foram hoje detidos em Bafatá pela polícia por pretenderem "organizar uma manifestação pacífica para exigir o direito à energia elétrica naquela cidade".

"Os três jovens detidos foram torturados na esquadra da polícia local e de seguida humilhados na praça pública, numa clara ostentação da brutalidade e de desrespeito pela dignidade da pessoa humana", referiu a organização, em comunicado.

A Liga Guineense dos Direitos Humanos considera que a atuação da polícia contra cidadãos inocentes, que classifica de "nojenta e criminosa", "espelha a dimensão da ignorância e impreparação de alguns elementos das forças de segurança para o exercício da nobre missão de manutenção da ordem e tranquilidade públicas".

A organização condena o "ato cobarde e exige a identificação e consequente responsabilização criminal dos seus autores".

A Liga Guineense dos Direitos Humanos exige também a "instauração de um competente procedimento disciplinar contra os autores morais e materiais, tendente à expulsão dos mesmos das forças policiais".

"A Liga exige a libertação imediata e incondicional de todos os detidos e responsabiliza o Estado pela integridade física dos mesmos", lê-se no comunicado.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project