LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Moçambique: Mais três pessoas assassinadas por grupos armados no norte do país 13 Junho 2018

Grupos armados que têm atacado aldeias no norte de Moçambique, provocando vários mortos, são suspeitos de ter assassinado mais três pessoas nas últimas 24 horas, disseram residentes e autoridades locais à Lusa.

Moçambique: Mais três pessoas assassinadas por grupos armados no norte do país

Segundo as mesmas fontes, um homem foi encontrado morto com golpes de catana na manhã de hoje no meio do mato, junto à aldeia costeira de Natugo, distrito de Macomia.

A vítima deslocava-se da vila sede de distrito para a aldeia, cerca de 50 quilómetros a nordeste, onde ia encontrar-se com a família para juntos se mudarem para Macomia, disse fonte local.

Os sinais do ataque são semelhantes aos de outros que têm acontecido nas últimas duas semanas em diferentes pontos da província de Cabo Delgado.

Num outro incidente, um acampamento de forças de defesa e segurança junto à aldeia de Changa, no distrito de Nangade, foi atacado na noite de segunda-feira por um grupo com armas de fogo.

Dois elementos das autoridades morreram e um outro ficou ferido, disse à Lusa fonte das forças de segurança.

O distrito de Nangade fica cerca de 100 quilómetros a oeste de Palma, no interior da província e junto ao rio Rovuma, que faz fronteira com a Tanzânia.

Os locais dos dois ataques ficam em pontos distintos da província de Cabo Delgado, pelo menos a 100 quilómetros um do outro, em território com reduzidas infraestruturas.

Os incidentes das últimas 24 horas fazem subir o número conhecido de vítimas, entre informações oficiais das autoridades e testemunhos da população. Fonte: Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project