INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Haiti: Presidente assassinado em casa — 1ª dama ferida, em ataque à 01H 07 Julho 2021

O primeiro-ministro demissionário anunciou a morte do presidente Jovenel Moise esta quarta-feira. À "uma da manhã", "indivíduos não identificados, alguns deles a falar espanhol, atacaram a residência privada do presidente da República e feriram-no até à morte", anunciou o chefe do governo Claude Joseph à espera de ser substituído.

Haiti: Presidente assassinado em casa — 1ª dama ferida, em ataque à 01H

Um ataque "odioso, desumano e bárbaro" e durante o qual também a primeira-dama ficou ferida, acrescentou Claude Joseph.

As autoridades apelam "à calma" da população haitiana. Garantem que "a situação securitária do país está sob o controlo da Polícia Nacional e Forças Armadas".

Este assassinato do presidente haitiano ocorre num país minado pela violência e instabilidade política.

Jovenel Moise eleito aos 53 anos, em 2016, entrou em função a 7 de fevereiro de 2017. Uma presidência marcada pela instabilidade política e a violência nas ruas gerada pela criminalidade.

Mandato: até 2020 ou 2022?

Em 7 de fevereiro de 2020, em videomensagem difundida pela AFP, a oposição declarava o fim do mandato de Moise e nomeava presidente interino o magistrado Joseph Mécène Jean-Louis, de 72 anos.

O decano do Tribunal Supremo leu um discurso em que declarou "aceitar a escolha da oposição e da sociedade civil para poder servir o seu país como presidente provisório", com a missão de preparar as próximas eleições.

O ato solene teve lugar horas depois da oposição política, o poder legislativo e numerosas organizações da sociedade civil terem anunciado que esse 7 de fevereiro de 2020 era o último dia da presidência de Jovenel Moïse.

O presidente contestou e afirmou que o seu mandato duraria até 7 de fevereiro de 2022. O dissenso justifica-se pelo facto de que o escrutínio inicial que o elevara à chefia do Estado tinha sido anulado por fraudes. A nova eleição em fins de 2016 reconduziu-o à presidência.

Esta segunda-feira o presidente nomeou um novo primeiro-ministro, Ariel Henry, médico-cirurgião de 71 anos encarregando-o de preparar a próxima eleição presidencial. Claude Joseph não esteve nem três meses no posto.

Fontes: Le Monde/RFI. Foto(AFP): Presidente Jovenel Moise, 7 de janeiro 2020, na capital haitiana Port-au-Prince.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project