REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

História: Arqueólogos encontram tesouro do século III numa vinha italiana 29 Maio 2020

O mosaico de uma vila romana foi encontrado numa vinha no norte de Itália, perto de Verona. Arqueólogos da comuna de Negrar di Valpolicella acreditam que os azulejos bem preservados são de uma vila do século III, cujos primeiros destroços foram descobertos há mais de um século.

História: Arqueólogos encontram tesouro do século III numa vinha italiana

Segundo o JN, desde 1920 que vários arqueólogos procuravam mais vestígios de uma vila romana na comuna da Negrar di Valpolicella. Nesse ano tinham sido descobertos destroços desta vila numa zona montanhosa de Negrar, mas desde então poucas informações surgiram sobre o assunto. Durante anos, as escavações estiveram paradas, mas ganharam um novo rumo no verão de 2019. Esta segunda-feira, 25 de maio, chegaram finalmente mais novidades. Desta vez, um pavimento de azulejos, bem conservados, desta vila que os especialistas acreditam ser do século III d.C. (depois de Cristo).

"Após inúmeras décadas de tentativas fracassadas, parte do pavimento e fundações da vila romana, localizada no norte da capital, (...) foi finalmente revelada", lê-se, conforme a fonte referida, no site da comuna de Negrar di Valpolicella. Em fevereiro deste ano, as escavações pararam devido à pandemia de covid-19, mas a retoma de maio foi frutífera. Numa vinha no norte de Itália, perto de Verona, o pavimento com azulejos de várias cores foi descoberto e deu, por isso, um novo ânimo a esta investigação.

O diário lusa escreve ainda que os arqueólogos continuam a escavar a zona para tentar perceber a extensão do pavimento e a localização exata de um possível edifício desta vila romana. No comunicado da comuna de Negrar di Valpolicella é explicado que os proprietários da vinha serão contactados para saber qual a melhor forma de tornar este "tesouro arqueológico escondido debaixo dos pés" acessível e disponível a todos.

Não serão conhecidos resultados brevemente, uma vez que serão necessários "recursos significativos" para descobrir mais sobre esta vila romana, conclui o JN pt.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project