INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Holanda expulsa 4 espiões russos — Ciberespionagem no radar europeu 04 Outubro 2018

A expulsão da Holanda de quatro nacionais russos, acusados de ciberespionagem, aconteceu em 17 de abril mas só foi divulgada esta quinta-feira, 4, numa condenação conjunta contra "os que atentam contra a segurança mundial", como declararam os primeiros-ministros dos Países Baixos e do Reino Unido, Mark Rutte e Theresa May.

Holanda expulsa 4 espiões russos — Ciberespionagem no radar europeu

Alexei Morenetz e Yevgeny Serebriakov, de 41 e 37 anos respetivamente, foram descritos pelas autoridades inglesas como "ciber-operadores" que tinham como “agentes de apoio” Oleg Sotnikov e Alexei Minin, ambos com 46 anos.

Segundo as mesmas fontes, citadas pela BBC, os quatro nacionais russos, que chegaram à Holanda em 10 de abril com passaportes diplomáticos, são agentes da GRU, a ’secreta’ russa, envolvidos numa operação de ciberespionagem.

Em 11 de abril, a equipa da GRU especializada em ciberespionagem começou por alugar na capital holandesa um automóvel onde, como mostram fotografias fornecidas à BBC, instalaram equipamento que lhes permitia espionar o seu alvo. Um deles, o edifício, em Den Haag, da Organização para a Prevenção de Armas Químicas- OPCW, que está a investigar os ataques com o neurotóxico Skripal de que a Rússia é suspeita.

Fontes:Corriere/BBC. Foto: A Holanda expulsou os quatro nacionais russos que foram apanhados a espionar o edifício da OPCW — que investiga as alegadas operações russas de ataques com o neurotóxico Skripal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project