MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Hospital recusa entregar corpos para obrigar familiares a pagar fatura 09 Julho 2021

É sob o pano de fundo epidémico da Covid-19 que a sociedade ugandesa assiste a uma chantagem "repugnante", como a que relatou Tofa Tamale a quem o hospital de Kampala, a capital recusou entregar o corpo da mãe enquanto não saldasse a fatura.

Tofa Tamale, cuja mãe teve Covid-19 antes de sofrer um enfarte, contou que tentou apelar ao bom senso dos responsáveis da hospital e aceitar o pagamento em duas tranches.

No entanto, o hospital só viria a entregar o corpo a Tamale sob a ameaça de um processo na justiça.

Este não é um caso isolado no Uganda, numa altura em que o coronavírus se está a propagar, como explica a coronel Edith Nakalema via Twitter.

"Há muitos ugandeses que estão a morrer em casa, simplesmente porque têm medo de enfrentar as altas taxas hospitalares", tuìtou a coronel que lidera uma unidade anti-corrupção do governo ugandês.

"Isto é inaceitável! Apelamos às autoridades médicas a que considerem a indignação pública contra as exorbitantes taxas hospitalares", apelou a líder anti-corrupção do governo ugandês.

Fontes: AFP/ AP/BBC. Fotos (Reuters).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project