LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Hotel do grupo Pestana Trópico, que tem sucursal em Cabo Verde, evacuado em Caracas pelos serviços secretos 07 Agosto 2018

Os serviços secretos venezuelanos comandaram, esta segunda-feira, 6, a operação de retirada dos hóspedes do Hotel Pestana em Caracas, por razões de segurança. O hotel propriedade de portugueses - que são também donos do Trópico na Prainha, Praia - foi inaugurado em 2008 durante a visita oficial do então primeiro-ministro José Sócrates. a Venezuela.

Hotel do grupo Pestana Trópico, que tem sucursal em Cabo Verde,  evacuado em Caracas pelos serviços secretos

Fontes não oficiais citadas pela Lusa dão conta de que a ação da polícia secreta na unidade hoteleira — do grupo Pestana, a que pertence o Trópico na Prainha, Praia -Cabo Verde, está relacionada com o reforço de segurança após o atentado de sábado contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

Uma fonte contactada pela agência Lusa explicou que no local estiveram quatro carrinhas do SEBIN-Serviço Bolivariano de Inteligência e que após a retirada das dezenas de hóspedes, o acesso ao hotel está limitado.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert

Newsletter

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project