NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

IPC celebra Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com apresentação dos edifícios reabilitados 13 Abril 2022

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se comemora a 18 de Abril, sob o lema Património e Clima, vai ser aproveitado pelo IPC para apresentar os edifícios históricos e religiosos que foram alvos de reabilitação.

IPC celebra Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com apresentação dos edifícios reabilitados

De acordo com informações do Instituto do Património Cultural (IPC), de entre várias atividades programadas para assinalar a data, consta a apresentação da reabilitação dos edifícios, enquadrada no Plano Nacional de Reabilitação dos Monumentos Históricos e Religiosos, financiado pelo Governo.

Em nota de imprensa, a instituição salienta que o plano de reabilitação, implementado entre 2017 e 2021, foi um investimento de mais de 650 mil contos, tendo como objectivo contribuir para a valorização da história do país.

Prevê-se que estes investimentos venham trazer “retornos económicos”, numa altura em que o país se prepara para implementar o seu Plano Operacional do Turismo (POT) 2022-2026, que agrega sectores de atividade como o da cultura.

Estes investimentos visam, por outro lado, melhorar a oferta, a competitividade, a criação de emprego, bem como a melhoria de rendimento das famílias e a sua sustentabilidade, frisa o IPC.

A instituição destaca como exemplo, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, construída nos finais do século XV, considerada como um dos raros exemplos da arquitetura gótica na África Subsaariana.

Pelo seu valor histórico e religioso, a ermida foi um dos contemplados pelo Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA), tendo sofrido intervenções como a substituição do telhado, do piso, da carpintaria, além da eletricidade, saneamento, pintura interior e exterior e ornamentação exterior.

No quadro deste projeto, foram também realizadas intervenções, de restauro da Capela Gótica sito no interior da Igreja, financiado pela Cooperação Portuguesa.

O IPC considera que aquele edifício quinhentista é atualmente um dos “ex-libris” da Cidade Velha, Património Mundial, e faz parte de um dos pontos de paragem obrigatório para quem visita o país, lembrando que o referido edifício foi entregue à população em Julho de 2020.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project