NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Criminaliade na Praia: Igreja Adventista do Sétimo Dia de Achada de São Filipe assaltada 05 Junho 2021

A anda da crimilidade prossegue na Capital com a Igreja Adventista do Sétimo Dia, de Achada de S. Filipe, na Cidade da Praia, assaltada, esta madrugada, tendo os meliantes levado equipamentos de som, avalaidos em mais de 100 contos, que os fiéis utilizam para o culto.

Criminaliade na Praia: Igreja Adventista do Sétimo Dia de Achada de São Filipe assaltada

À chegada ao local, a Inforpress pôde notar muitos fiéis no exterior da Igreja, que estavam “tristes e revoltados” com a situação.

Em declarações à Inforpress, o primeiro ancião da Igreja de Achada de São Filipe, Anilton Jorge Vieira Pereira, disse que é a segunda vez, num espaço de menos de seis meses, que a referida casa de culto é assaltada.

“Violaram a grade de segurança, utilizando um pedaço de madeira e, depois de penetrarem no interior da igreja, levaram um televisor plasma, mesa de som, amplificadores, equipamentos utilizados nas sessões de actividades religiosas”, calculados em mais de cem mil escudos, revelou Anilton Jorge Pereira.

Segundo ele, teve conhecimento da ocorrência no momento em que estavam a preparar-se para o habitual culto aos sábados e, de imediato, deslocaram-se ao local para confirmarem o sucedido.

“Alguém chamou-nos a dizer que a Igreja tinha sido assaltada”, informou o primeiro ancião, acrescentando que, depois do primeiro assalto, reforçaram o gradeamento “mas de nada valeu”.

“Hoje as sessões de culto estão suspensas, porque não conseguimos funcionar nestas condições”, lamentou.

Instado se se trata de um acto de banditismo apenas, Anilton Jorge prefere chamar isto de “desrespeito a um local do culto”.

“Isto demonstra o nível de sociedade que temos e revela que as coisas estão para além dos assaltos normais que vêm ocorrendo no País, quando as pessoas são vítimas de ‘kaçu bodi’ [agressão à mão armada]”, deplorou para depois considerar que se está diante da “profanação de um lugar de culto e que as pessoas não estão a ter respeito pelas coisas de Deus”.

Confrma a mesma fonte, no local, a Inforpress conversou com Ana Paula Gonçalves que se mostrou “revoltada” com a situação.

“Logo de manhã, a minha filha alertou-me para abrir a internet, porque alguém tinha enviado uma mensagem a anunciar que houve roubo na nossa igreja. Entrei em pânico, pois é a segunda que isto acontece”, informou Ana Paula que apela às autoridades para tomarem medidas porque, sublinhou, “precisamos de justiça na nossa terra”.

“Não estamos seguros. Como é possível que as pessoas tenham a coragem para roubar na casa de Deus?”, pergunta, de forma revoltada Ana Paula Gonçalves.

Entretanto, a Inforpress sabe que a Polícia Judiciária (PJ) já tomou conta da ocorrência e fez deslocar ao local uma equipa para investigar o caso.

Em Setembro de 2019, na ilha da Boa Vista, em Sal Rei, uma Igreja Adventista do Sétimo Dia também foi assaltada, tendo os meliantes levado alguns objectos e certa quantia em dinheiro, conlui a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project