DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ilha cabo-verdiana do Sal recebe primeira etapa do Mundial de windsurf 18 Fevereiro 2022

A ilha cabo-verdiana do Sal vai receber, de 20 a 28 de fevereiro, a primeira etapa do Campeonato do Mundo de windsurf 2022, que já conta com 32 atletas inscritos de nove países, anunciou hoje a organização

Ilha cabo-verdiana do Sal recebe primeira etapa do Mundial de windsurf

Segundo a Lusa, o evento é organizado pela Associação Mundial de Windsurf (PWA, sigla em inglês), e em Cabo Verde conta com parceria do Governo, através do Instituto do Turismo, contando com o apoio de várias empresas do setor privado e do setor empresarial público.

A etapa vai decorrer na praia de Ponta Preta e, além de Cabo Verde, já conta com a inscrição de atletas da Alemanha, Espanha, França, Japão, Estados Unidos, Brasil, Venezuela e Inglaterra.

O campeonato terá apenas a participação de atletas masculinos e dos inscritos destacam-se os campeões Thomas Traversa, de França, Philip Köster, da Alemanha, Marcílio Browne, do Brasil, e Victor Fernandez, de Espanha.

Cabo Verde vai estar representado por Josh Angulo, norte-americano radicado há muitos anos no arquipélago e que foi duas vezes campeão mundial de windsurf.

Esta é a segunda vez que o país africano recebe uma etapa do Mundial de windsurf, depois de 2007, na altura também na praia de Ponta Preta, no Sal.

“Quinze anos depois desse espetacular evento inaugural, todos os olhos estarão postos novamente no arquipélago sendo esperadas condições igualmente mágicas este ano”, perspetivou a organização, numa nota de imprensa.

Segundo a mesma fonte, o evento vai colocar, mais uma vez, o país e a sua grande potencialidade para a prática de desportos náuticos nos mais importantes holofotes mundiais.

A Associação Mundial de Windsurf elogiou, na sua página oficial na internet, as “condições naturais excelentes” para a prática do windsurf em Cabo Verde, constatando que o arquipélago oferece “algumas das mais puras condições de surf em qualquer lugar do planeta”.

Depois de Cabo Verde, o campeonato vai passar pelas Ilhas Maldivas, de onde parte depois para novas paragens como Israel, Croácia, Canárias e Japão, refere a Lusa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project