CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ilha de São Vicente vai sediar a Universidade Técnica do Atlântico 18 Outubro 2019

O Governo de Cabo Verde acaba de aprovar nesta terça-feira, 15, em Conselho de Ministros, o projeto que cria a Universidade Técnica do Atlântico (UTA), e os respetivos estatutos, a ser sediada na ilha de São Vicente.

Ilha de São Vicente vai sediar a Universidade Técnica do Atlântico

“Com esta Universidade, estamos a criar um sistema de educativo voltado para a materialização da visão do Governo sobre a Zona Económica Especial da Economia Marítima que exige uma escola altamente especializada, mas que seja autónoma”, destacou o porta-voz da reunião, Fernando Elísio Freire.

O governante, que falava em conferência de imprensa, após a habitual reunião do Conselho de Ministros, lembrou que o Governo criou a Zona Económica Especial da Economia Marítima com sede em São Vicente, que abarca uma parte do ensino superior, de formação profissional e de investigação.

“Neste sentido, cabe à Universidade Técnica do Atlântico promover e concretizar esta visão, que é desenvolver um sistema educativo capaz, proporcionar o saber e conhecimentos necessários à economia e à formação integral de uma verdadeira economia marítima nesta região, bem como reorganizar o modelo de ensino superior e se autonomizar”, salientou, acrescentando que a UTA será uma nova universidade e terá a sua reitoria própria e que está prevista a criação da Comissão Instaladora para a sua efetivação, até o próximo mês de Dezembro.

Ainda, segundo o Governo, a Universidade terá quatro unidades orgânicas, sendo que uma destinada ao ensino superior de ciências e tecnologias agrárias, uma ligada à indústria aeronáutica e do turismo, outra ligada às artes e à cultura e uma última, que estará ligada às engenharias e às ciências do mar.

“Estas unidades orgânicas é que irão dar corpo às estratégias do Governo de autonomizar uma Universidade Técnica Atlântica nesta região do país, permitindo, assim, que Cabo Verde tenha dois grandes centros do saber, que nos permitirá melhorar o nosso sistema educativo e fazer com que este arquipélago seja cada vez mais competitivo e com cabo-verdianos cada vez mais bem preparados”, concluiu o Ministro.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project