SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ilha do Fogo: Padre Ottavio Fasano renuncia presidência da fundação com o mesmo nome 01 Abril 2021

O padre Ottavio Fasano, fundador e patrono da fundação que ostenta o seu nome, renunciou desde Outubro de 2020 o cargo de presidente da instituição que passa a ser presidida pelo frei Gilson Frede.

Ilha do Fogo: Padre Ottavio Fasano renuncia presidência da fundação com o mesmo nome

Após renunciar livremente a função, conforme escreve a Inforpress, padre Ottavio Fasano, que desde Março de 2020 se encontra na Itália por precaução dada a sua idade avançada, e de acordo com o estatuto da fundação, foi nomeado frei Gilson Frede, para o cargo de presidente, e frei Euclides Pires, para o cargo de administrador.

Em declarações à Inforpress, frei Gilson Frede disse que aguarda pela publicação do novo conselho de administração no Boletim Oficial, sublinhando que a secretária-geral da fundação, Maria da Ressurreição da Graça, já pediu a sua demissão e que o mesmo foi aceite.

A fundação, criada no final de 2019 e que começou a funcionar há pouco mais de um ano, tem por objectivo dar continuidade a obra que o padre Ottavio Fasano construiu durante 56 anos que esteve em Cabo Verde.

Durante esse tempo dedicou a sua vida a Cabo Verde, às pessoas mais desfavorecidas e ao desenvolvimento sustentável do País, sobretudo da ilha do Fogo, com base no respeito da pessoa humana, cita Inforpress.

A nova administração, segundo frei Gilson Frede, pretende garantir a sustentabilidade dos empreendimentos e preservar a filosofia e o nome do padre Ottavio Fasano.

Segundo a mesma fonte, a renúncia, explicou o novo presidente da fundação, é a dinâmica normal do homem e de um padre capuchinho onde a mudança é coisa natural, sublinhando que também a pandemia da covid-19 pode ter algum impacto na renúncia do padre, que, segundo o mesmo, “está de saúde, vacinado e na Itália por questão de precaução”.

Na carta endereçada a todos os trabalhadores, colaboradores e voluntários da fundação, frei Gilson Frede dá conta da nova administração, referindo que doravante frei Euclides Pires é o novo responsável por todas as obras da fundação e tudo que diga respeito às mesmas.
Ou seja, concretizou, passa a ser a pessoa de referência para todos os trabalhadores, colaboradores e voluntários da fundação, com responsabilidades diária para cada actividade.

Informou igualmente que todo o trabalhador, colaborador e voluntário deve reportar-se “exclusivamente ao administrador frei Euclides Pires” e cada um deve manter as suas actividades com “serenidade e zelo”.

Depois da Páscoa os novos responsáveis da fundação, com sede na Cidade da Praia, deslocam-se à ilha do Fogo para conhecer e contactar pessoalmente cada um dos trabalhadores, colaboradores e voluntários.

Segundo o mesmo, a fundação criou uma empresa para cuidar das obras lucrativas, a Asde Nova, enquanto a fundação ocupa das obras puramente social, observando que a parte ligada a Asde Nova continua, ainda, sob a responsabilidade de Maria Graça, já que “neste momento a fundação é dona da tal empresa, mas que não a gere”, refere a notícia avançada pela Inforpress.

A secretária-geral da fundação, Maria da Graça, que deixa as funções a partir de hoje, numa carta dirigida aos trabalhadores, destacou que tomou conhecimento no dia 24 da renúncia do padre Ottavio Fasano e da nomeação do frei Gilson Frede e Euclides Pires para presidente e administrador, respectivamente.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project