NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ilha do Sal: Autarquia cria programa “Dja d’Sal na nôs coração” para elevar “grandes coisas” da ilha 04 Janeiro 2023

A Câmara Municipal do Sal criou um programa denominado “Dja d’Sal na nôs coração” para elevar as “grandes coisas” da ilha, a nível da história, da cultura e de outros elementos que dignificam a identidade local.

Ilha do Sal: Autarquia cria programa “Dja d’Sal na nôs coração” para elevar “grandes coisas” da ilha

Segundo o presidente da câmara municipal, Júlio Lopes, trata-se de um programa institucional e cultural cujas actividades iniciaram em Novembro, devendo prolongar-se durante 2023, quiçá, até ao próximo ano.

Conta que várias actividades vão ser levadas a cabo, tendo a série documental intitulada “Arquivo Histórico”, produção do jornalista cabo-verdiano, José Luís Santos Spencer, residente nos Estados Unidos da América, dado o pontapé de saída ao programa Dja d’Sal na Nôs Coração.

De seguida, enquadrado no mesmo programa, Elsa Figueira, de pseudónimo “Tchinha Padjuda” salense, residente em Portugal, fará o lançamento do seu livro intitulado “Milot e os quatro Reinos”, actividade que terá lugar esta quinta-feira às 17:00 no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A autora, que viveu a sua infância e adolescência no Sal, estudou na Universidade de Letras de Lisboa, mas volta sempre para visitar a sua ilha natal, para “matar as saudades” e regressar para Portugal com “muitas histórias” para contar.

Ao longo deste ano, Dja d’Sal na Nôs Coração reserva vários lançamentos de livros de figuras da ilha, entre a apresentação de uma colectânea de histórias do Sal, encomendada pela Câmara Municipal do Sal, e organizada pelo escritor Evel Rocha.

Também o designer e artista plástico, Fabio Testi foi solicitado para preparar uma estátua de “Ti Cars” (tio Carlos), figura salense marcada por transportar água de Poço Verde, em dois barris de madeira, antigo.

Ildo Lobo que dá nome à pedonal de Santa Maria também vai ter a sua estátua erigida em Pedra de Lume, localidade onde nasceu.

Ainda enquadrado nesse programa Dja d’Sal na Nôs Coração, a câmara municipal vai homenagear o senhor Teodoro Santos, esta sexta-feira, 06, com a atribuição da toponímica Teodoro dos Reis Santos, Nhô Teodor e amigos que participaram da ideia e construção da Pracinha de Quebród, nos Espargos.

E na próxima quarta-feira, 11, será a vez de Mário Rui, ex-trabalhador da Câmara Municipal do Sal, falecido há algum tempo, que emprestará o seu nome à Pedonal do Mercado Municipal de Santa Maria.

Segundo o presidente Júlio Lopes várias outras figuras do Sal serão igualmente homenageadas ao longo deste ano, no âmbito deste programa institucional e cultural, nomeadamente Ti Custódio Rocha, senhor Sabino Évora, Pedro Dinis e muitos outros.

“Muita gente vai ser homenageada no quadro deste programa Dja d’Sal na Nôs Coração, além de concursos de poesia (…). Este ano vai ser um ano importante para a cultura nesta ilha”, sublinhou o autarca, anunciando ao mesmo tempo a publicação de um livro sobre as histórias do Sal, que será também traduzido em inglês.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project