ESPECIAIS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Inauguração da ETAR de Santa Maria: Governo está muito satisfeito com a intervenção da APP em Cabo Verde, afirma o Primeiro-ministro 20 Dezembro 2022

O Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, presidiu, no dia 30 de novembro, no Sal, ao ato da inauguração das obras de ampliação do Sistema de Saneamento de Águas Residuais de Santa Maria (ETAR). Segundo a APP Ambiente, trata-se de um investimento na ordem dos 440 mil contos, que irá garantir o serviço de saneamento a uma população residente de 8 mil pessoas e mais 14 mil turistas.

Inauguração da ETAR de Santa Maria: Governo está muito satisfeito com a intervenção da APP em Cabo Verde, afirma o Primeiro-ministro

A obra contou com o financiamento do Banco Caboverdiano de Negócios (BCN) em 90% e com recursos próprios da empresa APP Ambiente, em 8%. O restante (2%) foi conseguido através de um financiamento a fundo perdido concedido pelo “Acesso à Energia Sustentável para Gestão da Água: Nexos Energia-Água”, financiado pelo Fundo Global para o Ambiente.

No seu discurso, o Primeiro-ministro realçou a importância deste investimento, o qual vai permitir a reutilização segura da água residual produzida na ilha do Sal, nomeadamente o seu aproveitamento na agricultura.

Ulisses Correia e Silva realizou uma visita guiada à ETAR e pôde comprovar que, “de facto”, o nível de pureza final permite que a água possa ser reutilizada na agricultura e para aumentar o número de espaços verdes, o que transformará a paisagem do Sal, que passará de agreste a verdejante. O chefe do Governo também sublinhou a sua satisfação com a APP e sua intervenção em Cabo Verde. “Não pararam nem durante a pandemia, o que demonstra a grande confiança no país e, ao mesmo tempo, a grande vontade de contribuir para o seu desenvolvimento”.

Também o presidente da Câmara Municipal do Sal, que testemunhou a inauguração da obra de ampliação da ETAR, congratulou-se com mais este importante passo dado rumo à sustentabilidade da ilha turística.

“O Sal está a caminhar no sentido de ser uma ilha turística, de referência internacional, mas, em que a componente ecológica é relevante”, afirmou Júlio Lopes. Para tal, disse o autarca, é preciso apostar e investir no saneamento e na economia verde.

O ato oficial de inauguração aconteceu no passado dia 30 de novembro e contou ainda com a presença do Ministro da Indústria, Comércio e Energia, do Ministro do Turismo e Transportes, de deputados nacionais, do Presidente da Assembleia Municipal do Sal, do Embaixador dos Estados Unidos da América em Cabo Verde, da Embaixadora de Espanha em Cabo Verde, do Diretor Nacional da Indústria, Comércio e Energia, do Presidente do Conselho de Administração da empresa APP e seus administradores, entre outras instituições públicas e privadas com representação na ilha do Sal.

Este projeto foi concretizado graças à franca parceria e apoio mútuo entre a APP Ambiente, o Governo de Cabo Verde, a Câmara Municipal do Sal, a Agência Nacional de Água e Saneamento(ANAS), a ARME, a Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME), a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial(UNIDO), o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF) e o Banco Cabo-verdiano de Negócios, (BCN).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project