ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Independência/47 anos: UCID não se conforma só com dizer que a independência foi um momento histórico – António Monteiro 05 Julho 2022

O deputado da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) António Monteiro afirmou hoje que o seu partido não se conforma só com dizer que a independência de Cabo Verde proclamada há 47 anos “foi o momento histórico”.

Independência/47 anos: UCID não se conforma só com dizer que a independência foi um momento histórico – António Monteiro

António Monteiro, que discursava na sessão solene comemorativa da Assembleia Nacional para assinalar o dia da Independência Nacional de Cabo Verde, salientou que é preciso considerar que a mesma tinha um roteiro com objectivos claros que ainda não foram de todo alcançados.

“Isto demonstra que temos um longo caminho pela frente para se fazer cumprir Cabo Verde. A criação de oportunidades para todo os cidadãos cabo-verdianos, sem expceção, deve ser a regra de ouro e o desiderato maior da nossa independência”, disse falando de forma particular de oportunidade para todos os jovens, que considera, deve ser considerado um “desígnio nacional”.

Neste sentido, salientou que caberá aos governantes criarem todas as condições para o efeito, evitando, assim, a perda de populações em várias ilhas e no país como veio demonstrar o censo populacional recentemente publicado.

“Passados estes 47 anos há muita coisa ainda por se fazer e não valerá a pena comemorar só por comemorar. É preciso darmos um outro significado valioso a esta data. É preciso resolver algumas pendências, purificarmos de alguns pecados que ainda hoje afligem uma parte da sociedade cabo-verdiana que lutou para que o país fosse hoje, independentemente daquilo que gostaríamos, mas o que ele é”, disse.

De forma específica, salientou que é preciso resolver a situação dos cidadãos que, em 1975, se prontificaram para servir as Forças Armadas de Cabo Verde de forma voluntária patriótica, para que o país pudesse ascender à independência.

“Estes jovens na altura e hoje menos jovens querem que o Governo, que a nação os reconheça por aquilo que fizeram e que lhes dêem também o estatuto que merecem para que possam, nos dias que ainda lhes restam, ter uma vida com mais dignidade”, disse recordando que o Parlamento aprovou uma petição, faltando agora aprovar uma lei que possa dar o devido enquadramento a estes cidadãos.

António Monteiro salientou que se se quer que a independência chegue a cada um dos cidadãos e que se cumpra Cabo Verde deve-se trabalhar na credibilização da vida pública e no renascer da esperança que o 05 de Julho de 1975 trouxe.

Para isso, realçou que é preciso fazer acontecer a revisão constitucional, a regionalização, a alteração do sistema eleitoral, a reforma da justiça, a reforma do Estado com foco na qualidade e produtividade dos serviços públicos, a redução dos impostos, revisão da lei dos partidos e o combate à corrupção.

“A colocação na prática destes enunciados contribuirá para o despertar de um maior interesse dos cidadãos pela vida política nacional que tem perdido muito brilho”, argumentou.

António Monteiro falou também da prisão preventiva do deputado Amadeu Oliveira, precisando que há um ano que a UCID não tem o seu quarto deputado nacional no parlamento.

Na sua perspectiva, a detenção de Amadeu Oliveira se afigura como “um caso insólito”, já que, conforme adiantou, as leis cabo-verdianas em circunstâncias alguma ponderaram essa possibilidade.

Neste sentido disse esperar que o quanto antes essa situação seja resolvida para que o Estado de direito democrático continue a fazer o seu percurso.

Para além de António Monteiro discursaram na cerimónia que assinala o dia da Independência, os líderes da bancada do PAICV e do MpD, João Baptista Pereira e João Gomes, respectivamente, o presidente da Assembleia Nacional, Austelino Correia, e o Presidente da República, José Maria Neves. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project