MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Infantas de Espanha "aceitam" vacina chinesa em Abu Dhabi onde vive Rei Juan Carlos — ’Fura-filas’? ’Nenhum espanhol foi prejudicado’? 05 Mar�o 2021

"Deram-nos essa possibilidade e aceitámos", respondem as duas irmãs do rei Felipe VI, no regresso do Médio Oriente, onde se vacinaram durante uma visita ao pai que agora vive nos Emirados. Alguns políticos acusam-nas de fura-filas por terem saltado o plano de vacinação anti-Covid.

As infantas Elena e Cristina(foto), de 57 e 55 anos, estiveram duas semanas ao lado do pai no país do Golfo Pérsico, e vacinaram-se. Cristina reside na Suíça e, assim, apenas Elena estará contemplada no plano de vacinação do reino espanhol — como não-prioritária, pela idade e por não exercer nenhuma profissão de risco.

Residente nos Emirados há alguns anos, Juan Carlos também foi vacinado.

O Rei Emérito seria sempre prioritário, não só por ter mais de 80 de anos, mas também porque sofre de comorbidades — teve um tumor no pulmão e foi operado ao coração.

Vacina chinesa

As infantas foram imunizadas com doses da vacina chinesa Sinopharm, cuja eficácia é de 86% e que ainda não está disponível no catálogo de vacinas aprovado pela União Europeia.

Abu Dhabi começou a vacinar no dia 23 de dezembro. Teve acesso rápido e massivo à vacina depois de ter participado na fase 3 do ensaio clínico.

Da família real espanhola ainda ninguém se pronunciou sobre a vacinação das infantas, que oficialmente não pertencem à Casa Real.

A notícia avançada primeiro por ’El Confidencial’ indignou alguns partidos de esquerda. O Podemos expressou-se na reunião de eurodeputados da Esquerda no Parlamento Europeu em que participaram por videoconferência.

Mas o porta-voz nacional do PP, José Luis Martínez-Almeida, entende que elas tinham essa liberdade, que é "pessoal", porque não são membros da Casa Real.

Além do mais, diz o também ’alcalde’ de Madrid, "Não aconteceu que um espanhol tivesse sido prejudicado como consequência do facto de que as infantas se vacinaram em Abu Dhabi", ao contrário de "todos aqueles que furaram a fila da vacinação, aproveitando-se dos seus cargos públicos", rematou o líder do partido conservador.

Fontes: El Confidencial/ El Mundo. Foto (El País): Cristina e Elena, num centro comercial da capital espanhola, em outubro.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project