INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Israel: Sara Netanyahu aceita devolver dinheiro do catering sobrefaturado 18 Junho 2019

É a primeira vez que, ao fim de vários anos do processo em tribunal, por entre alegações de inocência e perseguição, recusas e adiamentos, a esposa do primeiro-ministro de Israel, Sara Netanyahu admitiu, este domingo, 16 — primeiro dia laboral em Israel – em tribunal, que errou. Ou seja que abusou de fundos públicos, ao contratar serviços para a residência privada alegando que eram para a residência oficial.

Israel: Sara Netanyahu aceita devolver dinheiro do catering sobrefaturado

A confissão tem uma contrapartida: a segunda-dama do Estado de Israel não será condenada por fraude, mas sim por irregularidade de contas punível com uma multa. Assim só terá de pagar 55 mil xéquels (15 mil contos), dos quais 10 mil são da multa e os 45 mil a devolução do dinheiro.

Fontes: Times of Israel/Haaretz

Relacionado: Israel: Sara Netanyahu obtém adiamento do julgamento do caso do catering sobrefaturado, 13.jul.2018. Foto: A esposa do primeiro-ministro à entrada do tribunal, este domingo, 16 — primeiro dia laboral em Israel.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project