ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Israel-Shireen: Exército admite "forte possibilidade" de soldado homicida "involuntário"da jornalista 05 Setembro 2022

É a primeira vez em quatro meses que o Exército de Israel reconhece a "forte possibilidade" de um dos seus soldados ser o autor do homicídio da jornalista do canal Al-Jazeera. Mas o exército considera encerrado o assunto e ninguém irá ser sujeito a qualquer ação penal, segundo a imprensa israelita da referência.

Israel-Shireen: Exército admite

A admissão da culpa do exército israelita acontece hoje, em que se celebra em Munique na presença dos presidentes do Estado de Israel e da Alemanha, os 50 anos do massacre de atletas israelitas nas Olimpíadas de 1972.

O reconhecimento da "forte possibilidade" de que um soldado seja o homicida da jornalista não será, todavia, seguida de qualquer ação penal sobre o autor, segundo a imprensa israelita da referência.

Recorde-se que a primeira posição do exército israelita foi de que eram palestinos os responsáveis pela morte da jornalista do canal pan-árabe em 10 de maio.

Uma semana depois, o presidente palestino Mahmoud Abbas recebia, em 17-5, das mãos do PGR Akram Al-Khatib os resultados da autópsia de Shireen Abu Akleh, "assassinada deliberadamente por uma bala das forças de Israel".

"As provas indicam que a bala de 5.56 mm foi disparada pelas tropas de Israel, pois que não havia palestinos armados no local nesse momento e só estavam militares de Israel armados", disse Al-Khatib em conferência de imprensa.

Fontes: Le Monde/Times of Israel/DW.de/Haaretz ... Relacionado: Shireen Abu Akleh: 57 congressistas EUA pedem investigação do FBI e DoS, 24.mai.022; Shireen Abu Akleh: Palestina entrega bala fatal à investigação dos EUA, 05.jul.022; Palestina-autópsia a Shireen: PGR entrega ao PR Abbas relatório que incrimina Israel — "Vamos ao TPI", 27.mai.022; Shireen Abu Akleh: Investigação independente acusa Israel, 17.mai.022; Palestina: Milhares no enterro de Shireen Abu Akleh "assassinada pelo exército de Israel", 13.mai.022; Shireen Abu Akleh: Funeral perturbado pela polícia que carregou sobre séquito e caixão quase caiu ao chão, 15.mai.022; Bispos da Terra Santa condenam Israel por ’desrespeito’ nas exéquias de Shireen, 13.mai.022; Jornalista palestina morre "baleada por exército de Israel" na Cisjordânia, 11.mai.022.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project