REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Israel apoia 1ª vacina para crianças a partir dos 6 anos — AstraZeneca pioneira 15 Fevereiro 2021

Trezentos voluntários dos seis aos dezassete anos preparam-se para receber a primeira vacina anti-Covid destinada ao grupo etário que inclui menores de doze anos. A versão infanto-juvenil da AstraZeneca, vacina desenvolvida pela universidade de Oxford, será administrada a duzentas e quarenta das crianças e as demais sessenta, como grupo de controlo, receberão uma injeção para a meningite, anunciou a farmacêutica este sábado, 13.

Israel apoia 1ª vacina para crianças a partir dos 6 anos — AstraZeneca pioneira

Os testes para a versão infanto-juvenil da AstraZeneca, que arrancam ainda este mês, vão decorrer no campus principal, Oxford, e ainda em Londres, Southampton e Bristol, segundo informou a equipa da universidade de Oxford, citada pela Sky News.

O responsável pelos testes da equipa da AstraZeneca, o pediatra e infectologista Andrew Pollard, justificou a escolha do grupo dos mais novos, embora estes sejam os menos atingidos pela doença da Covid-19.

"É importante estabelecermos a segurança e a resposta imunitária da vacina nas crianças e jovens, porque há crianças que podem precisar da vacina", disse Pollard.

Mais de 50 países autorizaram AstraZeneca. O caso de Israel

Autoridades sanitárias de mais de cinquenta países deram luz-verde à vacina de Oxford, concebida para os maiores de dezoito anos e que a parceria sueco-britânica produz e distribui.

No entanto, a África do Sul que adquiriu milhões de doses anunciou o adiamento do início da vacinação com o imuniznte, por ter dúvidas sobre a eficácia na variante do coronavírus recém-descoberta.

O Estado de Israel pioneiro na vacinação anti-Covid — sem vacina própria, mas há cientistas israelitas e da sua diáspora envolvidos no desenvolvimento das vacinas — iniciou há três semanas a vacinação dos 16-18 anos (Israel vacina 16-18 anos com ’sim’ dos pais — 36 pc vacinados, 25.jan.021) .

A vacina para o grupo dos seis aos doze chega após a Pfizer ter iniciado em outubro os testes para o grupo dos 12-16 anos e a vacinação pioneira dos adolescentes do gupo dos 16-18 anos. Também a Moderna arrancou em dezembro com os testes para o grupo dos 12 anos.

"Em termos de política sanitária, o governo irá enfrentar a questão, no próximo futuro" que é "decidir sobre o alargamento dos programas de vacinação, a fim de garantir a segurança das escolas, bem como, combater a propagação do vírus", disse Pollard ouvido pela agência Associated Press dos Estados Unidos.

Fontes: BBC/outras referidas. Foto: Israel pioneira da vacinação anti-Covid aplaude 1ª versão para grupo etário dos seis aos doze.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project