INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Israel já vacinou 1 milhão e lidera a vacinação mundial —Pagou o dobro para ter vacinas 07 Janeiro 2021

O Estado de Israel, que já vacinou mais de um décimo da sua população, numa proporção quatro vezes maior que qualquer outro país, leva um grande avanço na corrida global da vacinação anti-Covid. Na terça-feira anunciou que chegou ao país mais uma encomenda de uma terceira vacina, a da Moderna proveniente dos Estados Unidos. Consta que Israel pagou o dobro para poder ter as vacinas disponíveis.

Israel já vacinou 1 milhão e lidera a vacinação mundial —Pagou o dobro para ter vacinas

Ao anunciar ontem (3ªfª, 5) os resultados do programa de vacinação, o ministro da Saúde afirmou que todos os cidadãos vulneráveis — com mais de 60 anos e com doenças prévias — estarão vacinados até fins deste mês, cinco semanas depois de ter encetado a imunização com a vacina da Pfizer e BioNTech.

"O Ministério da Saúde de Israel encomendou seis milhões de doses e as primeiras entregas far-se-ão neste início de janeiro", comunicou na segunda-feira, 4, a empresa biotecnológica Moderna, sediada em Cambridge, Massachusetts.

A vacina da Moderna vai imunizar três dos 9,1 milhões de pessoas no Estado de Israel, ou seja, um terço da sua população. Entretanto sabe-se que os índices de infeção no país continuam a crescer e atingiu hoje (quarta-feira, 6) o máximo diário de 7.966 casos confirmados e com um total acumulado de 459.435.

Políticos, governantes, outros líderes israelitas entre os primeiros a vacinar

A vacinação começou em 19 de dezembro com trabalhadores do setor israelita da Saúde. Também receberam a vacina na manhã do dia 19, o coordenador da resposta ao coronavírus, Ronni Gamzu, em fim de missão e de regresso ao seu posto no Hospital Ichilov, de Telavive, e o minstro das Finanças, Israel Katz.

Seguiram-se ao longo desse primeiro dia, o presidente da República e o CEMFA-comandante das Forças Armadas — que justificou estar "a dar o exemplo" às suas tropas.

Árabe, ex-presidiário é milionésimo vacinado

A foto (inserida) do milionésimo vacinado, no primeiro dia do ano, foi captada durante a deslocação do chefe do governo, Benjamin Netanyahu, a uma cidade maioritariamente árabe, Umm al-Fahm.

A televisão estatal Kan foi, no domingo, 3, o primeiro de vários media a anunciar a condição de ex-presidiário do homem de 66 anos, que teria cumprido pena por homicídio. O visado, Muhammad Abd al-Wahhab Jabarin, disse no mesmo dia que se sentia "profundamente ofendido" pela "mentira" sobre o motivo da sua condenação. Esclareceu ter cumpr[ido] catorze anos de prisão por roubo e posse de arma e, indignado com o ressurgimento do caso, afirmou: "Paguei pelo meu erro e saí; há trinta anos que sou um homem honesto".
— -
Fontes: AP/Times of Israel/Our World Data/Worldometers. Fotos(GPO): Israel prevê ter toda a população vulnerável vacinada até fins deste mês. Mas entre os palestinos a proporção de vacinados é de 1 para cada 3 israelitas, segundo alertam ONGs no país.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project