INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Israel-segurança aérea: Lei vai autorizar colher todo o tipo de dados de passageiros 29 Outubro 2021

A lei irá permitir criar bases de dados com informações pessoais (desde dados bancários a pratos preferidos) sobre todos os passageiros. Programas do tipo já estão a funcionar nos Estados Unidos, justificados com "o combate ao crime, terrorismo e pandemia".

Israel-segurança aérea: Lei vai autorizar colher todo o tipo de dados de passageiros

As bases de dados criadas pelas companhias aéreas têm de ser partilhadas com outros serviços governamentais que as requeiram, segundo a nova lei.

Os dados a transferir vão desde o nome do passageiro, nacionalidade, data de nascimento e número do passaporte — que já constam das informações a transmitir às autoridades governamentais— até ao PNR-registo nominal do passageiro que inclui informações sobre todos os seus voos, compra do bilhete, motivo da viagem, lugar no avião, bagagem, tipo de serviços pedidos durante o voo.

As autoridades vão poder também saber se um cartão de crédito usado para comprar o bilhete e o endereço associado, bem como outras despesas realizadas com o mesmo cartão.

O passageiro frequente, o premiado com milhas extra, com bilhete só de ida, o número de acompanhantes, tudo vai constar da database.

Fontes: Times of Israel. Foto: Aeroporto Ben-Gurion de Telavive, Israel.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project