INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Itália: Dentista levou braço protésico — Enfermeira fingia vacinar em troca de 400 euros 28 Dezembro 2021

Casos insólitos relacionados com vacino-céticos só este mês na Itália são o dentista Guido Russo que apresentou um falso braço de silicone e a enfermeira que cobrava 400 euros para passar certificado vacinal a não-vacinados.

Itália: Dentista levou braço protésico — Enfermeira fingia vacinar em troca de 400 euros

O dentista de 57 anos já tinha estado suspenso por declarar que a vacina anti-Covid era desnecessária, como demonstra o cartaz à porta do seu consultório (foto), em Biella no norte de Itália, a 80 quilómetros de Milão.

"Apresentação de passe [vacinal] exclusivamente voluntária", lê-se no cartaz em baixo. O primeiro cartaz indica as medidas anti-Covid: máscara, higienização, distanciamento.

A enfermeira fazia parte de uma rede liderada por um militante anti-vacinas no sul de Itália. As pessoas anti-vacinas mas que precisavam do certificado para trabalhar ou outros usos, eram encaminhadas para o centro de vacinação em Palermo.

Ali, a enfermeira em vez de os vacinar descarregava a dose da vacina numa gaze e depois colocava a seringa vazia no braço a "vacinar".

A polícia montou câmaras de segurança do centro de vacinação e as imagens mostraram o "modus operandi" criminoso.

Ambos foram detidos. A enfermeira no dia 6 juntamente com dois associados. O dentista no dia 21. Um Natal atrás das grades.

Fontes: Corriere della Sera/Reuters.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project