INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Itália: Operação anti-Máfia prende 13 de facção sediada em pizzaria de 2 irmãos — Crimes: tráfico humano, extorsão... 14 Setembro 2021

A polícia italiana anunciou na segunda-feira, 13, ter desmantelado "uma facção camorrística" de treze pessoas na cidade de Florença. O grupo que se dedicava a operações mafiosas em cinco províncias — Salerno, Prato, Latina, Verona e Potenza — tinha a sua sede na pizzaria de dois irmãos.

Itália: Operação anti-Máfia prende 13 de facção sediada em pizzaria de 2 irmãos — Crimes: tráfico humano, extorsão...

Dos treze detidos — na operação conjunta da polícia de ordem pública, a Polizia di Stato, e polícia fiscal —, sete ficaram em prisão preventiva, três em prisão domiciliar, dois foram proibidos do exercício da atividade profissional e o último, um menor, foi encaminhado para o tribunal de menores que decretou a sua institucionalização.

Acusados de associação criminosa com a agravante mafiosa para cometer diversos crimes — receptação, furto, posse e uso de armas de fogo e explosivos, violação da lei de imigração, falsificação de documentos para obter benefícios públicos indevidos, lavagem de dinheiro, posse de bens de proveniência ilícita — todos tiveram ainda os seus bens apreendidos e contas congeladas.

A acusação de tráfico humano tem por base a tentativa de fazer "entrar ilegalmente no território nacional pelo menos 15 cidadãos estrangeiros, na sua maioria provenientes do Bangladesh". Cada um desses candidatos à imigração ilegal pagou 1.500 euros por documentos falsos.

Além desses, a investigação policial encontrou "uma centena de cópias de documentos de identificação de cidadãos estrangeiros", bem como falsos contratos de trabalho que os declaravam como empregados, não só na pizzaria mas também em outros estabelecimentos comerciais da cidade de Florença.

Camorra sediada em pizzaria

Segundo a investigação, a pizzaria começou a funcionar em janeiro de 2020. Um dos irmãos obteve o alvará para a atividade comercial, servindo-se de um certificado falso que limpou o seu cadastro criminal. O outro irmão estava preso e quando saiu entrou para a co-gerência da pizzaria, segundo informa a fonte policial.

Fontes: Polizia di Stato.org/

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project