INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Itália: Sem maioria para governar, cabe ao PR Mattarella escolher "quem oferece mais garantias" 06 Mar�o 2018

Itália: Sem maioria para governar, cabe ao PR Mattarella escolher

Os três mais votados já se posicionaram na segunda-feira quando ficou claro que ninguém conseguiu os 40% necessários para poder formar governo.

"Nós, vencedores estamos prontos para o diálogo", diz Luigi di Maio, líder do Movimento Cinco Estrelas (32,7%), anti-europeista e xenófobo.

O Partido Democrático liderado por Matteo Renzi cai para 18,7% e o ex-primeiro-ministro derrotado nega acordos e deixa a liderança para passar a "intervir mais no Senado" como Oposição.

Matteo Salvini exulta com os 17,4% da Liga Norte que somados com os 14% da Forza Itália de Berlusconi, e potencialmente de outros pequenos partidos mais à direita, darão ao centro-direita a maioria.

Eleitorado escolhe partidos do protesto

A onda populista anti-União Europeia e contra a imigração — que são as bandeiras de partidos sem claras definições ideológicas como o de Di Maio, ou mais para a extrema-direita como o de Salvini — continua a varrer as democracias ocidentais.

Esta é pelo menos a leitura que os politólogos fazem destas eleições em Itália. "Os partidos tradicionais, Democracia-Cristã, Socialista, ...desapareceram do arco da governação".

Fontes: La Stampa. Corriere.it. Foto: Luigi di Maio, Matteo Renzi, Sergio Mattarella, Matteo Salvini e Sergio Berlusconi.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert

Newsletter

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project