INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Itália há séculos que não via um casamento na sinagoga 13 Junho 2019

O casamento celebrado na quarta-feira, 5, foi o primeiro em mais de quinze séculos a ter lugar na sinagoga fundada no século segundo na região da Calábria, no sul de Itália, refere o diário ’Pagine Ebraiche’. As autoridades italianas fizeram-se representar na celebração que contou com membros da comunidade judaica local e internacional.

Itália há séculos que não via um casamento na sinagoga

A sinagoga soterrada durante tanto tempo — após a comunidade judaica perseguida abandonar a região — ressurgiu em 1985, durante as obras de construção de uma nova rodovia próxima da aldeia Bova Marina. Arquéologos da Universidade de Telavive identificaram no sítio da sinagoga restos de mosaicos que pavimentavam o chão, a menorá (lâmpada-candelabro de sete braços), a etrog (cidra amarela) e o chofar (trombeta de chifre de carneiro) usados no culto.

Um nicho que se supõe ter contido os rolos da Torá (a Bíblia hebraica) e um pote contendo moedas do ofertório também foram encontrados pela equipa do centro de investigação da universidade referida.

Os judeus estiveram presentes na região sul de Itália desde o século I até ao século XVI, quando sob pressão de Castela tiveram de fugir para outras partes do mundo.

Fontes: Times of Israel/Jerusalem Post/ Foto (Shavei Israel): A tenda Chupa acolhe o par de nubentes no dia 4 último. Os noivos Roque Pugliese (à direita, de kipá) e Ivana Pezzoli são ambos médicos e encontraram-se no hospital local.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project