POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Líder da JPAI: Estado da Nação em matéria da juventude é delicado, crítico e muito preocupante 26 Julho 2021

A Juventude do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (JPAI) considerou, hoje, em conferência de imprensa, que o estado da nação, em matéria da juventude, é "delicado, crítico e muito preocupante". Segundo a avaliação do líder da organização e Membro da Comissão Política Nacional do PAICV, Fidel Cardoso de Pina, milhares de jovens cabo-verdianos encontram-se desempregados e sem esperança de vida.

Líder da JPAI: Estado da Nação em matéria da juventude é delicado, crítico e muito preocupante

"Enquanto organização política juvenil definimos uma agenda de contatos e de visitas para auscultação. Deste programa de trabalho privilegiamos contatos com jovens e organizações que trabalham diretamente com a juventude em diferentes vertentes e quadrantes da nossa sociedade. Constatamos esta a crise econômica e social que atualmente vivemos, mas pandemia da covid19 veio complexificar ainda mais a situação da juventude cabo-verdiana, quer no país, quer na diáspora".


Preocupações da JPAI

Conforme a opinião do Presidente da JPAI, são milhares de jovens cabo-verdianos sem emprego, sem ocupação, sem esperança e sem nenhuma perspetiva de vida, sobretudo aqueles que vivem no campo e nas periferias dos centros urbanos.

"São milhares de jovens cabo-verdianos que passam por um momento extremamente difícil pela redução e perda de rendimentos das suas famílias. São milhares de jovens cabo-verdianos que por perderam os seus empregos viram as suas vidas completamente desestruturadas, obrigando a muitos destes, principalmente os que foram trabalhar nas ilhas do Sal e da Boa Vista, a terem que regressar para as suas ilhas de origem. É escusado dizer que infelizmente, os mais jovens normalmente são os primeiros a perderam o seu emprego nesta crise, quando as empresas são muitas das vezes obrigadas a reduzir o número de trabalhadores", revela.

Para o jovem político, são milhares de jovens cabo-verdianos que tiveram de interromper os estudos por não ter condições para suportar os custos dos seus estudos nomeadamente as propinas, o transporte e matérias escolares. "São milhares de jovens cabo-verdianos que, face crise, a sua situação habitacional, tornou-se ainda mais precária colocando em causa a sua dignidade enquanto ser humano", aponta.

Cardoso ressalta ainda que são milhares de jovens cabo-verdianos a viverem em "grandes dificuldades", sem proteção social. "Para o caso de doença, são muitas jovens mães que se viram, assim, impedidas de pagar o pré-escolar dos seus filhos, ou até mesmo para muitos jovens, tornou-se um "luxo" três refeições quentes por dia, aponta.

"Apelamos ao Governo, no sentido de definir um plano específico para nossa juventude, que é um dos setores mais afetados por esta crise e que enfrenta os maiores problemas no emprego, na habitação ou na educação., contribuindo para minimizar os impactos da pandemia no seio dos jovens. Constatamos igualmente, que há vários jovens que ainda não vacinaram", acrescenta.

Neste sentido, a JPAI lança um "forte apelo", no sentido de todos os jovens cabo-verdianos aderirem "massivamente" à vacinação, que será "fundamental" para a retoma econômica do país. "Aliás, Sabemos que a juventude cabo-verdiana é inteligente e irá contribuir para retoma da normalidade de Cabo Verde», apela.

Expetativa da JPAI sobre a eleição do novo chefe do Estado

Enfim, a JPAI espera um Presidente da República "moderno, transformador, conhecedor" da realidade do país e capaz de apoiar na reconstrução de Cabo Verde face aos desafios que temos pela frente;

"Precisamos de um Presidente da República capaz de mobilizar a nação, capaz de construir pontes na sociedade e entre as diferentes forças políticas. Precisamos de um Presidente da República com capacidade de mobilização de recursos internos e externos para atacar os graves problemas económicos e sociais que exigem avultados recursos. precisamos igualmente, de um Presidente da República comprometido com a juventude cabo-verdiana, que entende os seus problemas, as suas expetativas e que conhece os seus desafios. Os jovens cabo-verdianos precisam, neste momento difícil, de um Presidente da República, que seja o garante de que a juventude, nas diversas camadas e interesses que a compõem, estará no centro da atenção das políticas públicas", conclui Fidel Cardoso de Pina, que é também deputado da nação pelo círculo eleitoral de Santiago Sul.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project