POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

JPAI: Orçamento do Estado para 2019 não responde aspirações da juventude 29 Novembro 2018

A Juventude do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (JPAI) mostra-se preocupada com o Orçamento do Estado para 2019, por não responder às exigências e aspirações dos jovens cabo-verdianos. Esta inquietação foi denunciada em conferência de imprensa, realizada esta quarta-feira, 28, na Cidade da Praia, através do seu líder Fidel Cardoso.

JPAI: Orçamento do Estado para 2019 não responde  aspirações da juventude

De acordo com Fidel Cardoso, as preocupações da juventude cabo-verdiana surgiram de uma série de visitas realizadas um pouco por todos os concelhos, localidades, bairros e comunidades do país.

“Estamos aqui para trazer estas preocupações da juventude ao Governo, enquanto entidade decisora, para poder criar as condições necessárias para que a juventude cabo-verdiana saia dessa situação que actualmente se encontra. Esperamos e acreditamos que o Governo leve em conta as nossas inquietações, porque ainda há tempo de alterar propostas para que ocorram melhorias na vida dos jovens, na família, no trabalho e no seu dia-a-dia”, manifesta.

Para este jovem político, não há respostas do Governo neste Orçamento, para resolver o problema do desemprego jovem. “Apesar de mais de 50% da população ser jovem, de uma forma global, os jovens não estão no centro das atenções e das políticas públicas para o desenvolvimento social, económico, familiar e cultural do país”, afirma.

Por outro lado, a Juventude do PAICV, não acredita que o incentivo ao empreendedorismo juvenil deva ser basicamente através de medidas fiscais, como consta no Orçamento de 2019. “Entendemos que as medidas fiscais e para fiscais são instrumentos importantes. No entanto, a verdadeira política, no sentido de fomentar o surgimento de uma nova classe empresarial jovem e capaz, passa necessariamente, por criar políticas públicas direccionadas aos principais obstáculos do empreendedorismo juvenil, nomeadamente: linhas de créditos preferenciais e bonificadas, destinadas aos jovens empreendedores, criação de condições de acesso ao mercado, incentivos a formação e acesso ao conhecimento, entre outros”, aponta.

Bloqueio a acesso à formação dos jovens e concursos públicos

Na óptica da organização juvenil tambarina, o Orçamento do Estado para 2019 não traz mais oportunidades de acesso à formação dos jovens, sublinhando que muitas famílias não conseguem pagar as propinas às várias Universidades e Escolas Profissionais existentes no País.

“A Juventude do PAICV tem uma crença inabalável que uma das possíveis formas de combate e redução da pobreza extrema em Cabo Verde é uma efectiva prática de uma política social de acção escolar que garanta o acesso preferencial dos jovens oriundos das famílias carenciadas ao ensino profissional e superior. Queremos alertar ao Governo no sentido de apresentar um Orçamento de Estado que traga desenvolvimento inclusivo, sobretudo para os jovens, para que tenhamos de verdade um desenvolvimento desejado”, desabafa.

A JPAI entende ainda que uma das medidas a ser implementada pelo Governo de Ulisses Correia e Silva seria garantir que, obrigatoriamente, haja concursos públicos realizados em condições de igualdade para todos e que o acesso a cargos superiores na administração pública não seja de confiança política, seja transparente e por mérito.

Preocupada com os problemas por que passam os jovens cabo-verdianos, a JPAI é da opinião que a pasta da juventude não pode continuar diluída ou camuflada na orgânica do Governo.

“A juventude é a franja da nossa sociedade com maiores problemas. Sendo o País, constituído, na sua maioria, por jovens, deveria existir, na actual orgânica do Governo, uma entidade claramente definida e com competências de conhecimento público para tutelar este sector. Aliás, a juventude é o futuro e este tem de ser construído com seriedade, afinco e sentido de compromisso para que possamos ter um Cabo Verde promissor e desejada”, conclui o líder da juventude do maior partido da oposição.

Celso Lobo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project