POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

JPAI denuncia “tentativa de intimidação política” e “ameaças” por parte da Câmara Municipal de São Domingos 04 Outubro 2018

A juventude partidária do PAICV denunciou hoje, em conferência de imprensa, na Praia aquilo que chama de “tentativa de intimidação política” e “ameaças” por parte do Presidente da Câmara Municipal de São Domingos contra o líder da JPAI naquele concelho.

JPAI denuncia “tentativa de intimidação política” e “ameaças” por parte da Câmara Municipal de São Domingos

Conforme explicaram o presidente da Juventude do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (JPAI), Fidel de Pina, e o líder daquela organização em São Domingos, Seidy de Pina, o autarca de São Domingos, Clemente Garcia, tem ameaçado levar Seidy de Pina ao tribunal por este ter denunciado “fortes indícios de falta de transparência” na gestão daquela autarquia.

Seidy de Pina explicou que, “com base no Relatório da Inspecção Geral das Finanças”, denunciou publicamente o pagamento “supostamente indevido” por parte da Câmara Municipal de São Domingos, no interior de Santiago, um valor de quase 10 mil contos (9.778.924 ECV), relativo aos trabalhos contratualizados que “não foram supostamente executados, no âmbito da colocação da relva sintética no Campo Municipal de Nora”.

A mesma fonte relembrou que ainda denunciou “a utilização de uma declaração de doação de relva sintética de conteúdo alegadamente falso”.

Quanto à suposta ameaça da autarquia de Clemente Garcia, Fidel de Pina disse que a organização que dirige está “preocupada” com o “grave atentado” ao Estado de Direito Democrático, de “condicionar” a liberdade de expressão e de fiscalização da oposição democrática no município de São Domingos.

“Quero aqui afirmar publicamente, enquanto presidente da JPAI, que o responsável da JPAI em São Domingos terá todo o apoio jurídico e suporte político da Juventude do PAICV, caso vier a ser necessário”, disse Fidel de Pina.

Por seu turno Seidy de Pina critica Clemente Garcia por o ter tentado silenciar, em vez de explicar os munícipes e o público em geral os meandros desse negócio “pouco transparente” e avisa ao presidente da câmara municipal de São Domingos que este não os vai intimidar com “essas ameaças”.

“A nossa luta vai continuar! Estamos firmes e serenos para o bem do futuro dos jovens de São Domingos. Vamos continuar atentos e sempre na defesa dos interesses da colectividade, subscrevendo tudo o que é bom para o município e apresentando propostas alternativas para tudo o que precisa ser corrigido e melhorado”, finalizou. A Semana/Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project