POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Janira Hopffer Almada: Amílcar Cabral morreu pela liberdade e dignidade 04 Julho 2018

A presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada, defendeu hoje,04 na Cidade da Praia, que o herói nacional de Cabo Verde, Amílcar Cabral, morreu pela liberdade e dignidade e que isto representa o “sentido fundamental” da independência do arquipélago.

Janira Hopffer Almada: Amílcar Cabral morreu pela liberdade e dignidade

Janira Hopffer Almada fez estas considerações à margem de um evento que o PAICV (oposição) e o seu grupo parlamentar realizaram na Assembleia Nacional para “honrar o Dia da Independência Nacional”, sob o lema “Pensar Cabral e continuar a construir Cabo Verde”.

“É pela liberdade e dignidade que ele morreu e esse é o sentido fundamental da nossa independência nacional (…) pudermos ser donos dos nossos próprios destinos, pensando com a nossa própria cabeça, vivendo de acordo com a nossa própria experiência na nossa época”, disse a líder do PAICV citada pela Inforpress.

Para Janira Hopffer Almada “é preciso recordar sempre Amílcar Cabral” e se inspirar nos princípios que defendeu na luta que travou e “nos ideais que sempre propugnou de um Estado que trabalha para as pessoas, em que a pobreza deve ser combatida, a igualdade deve ser garantida, mas, sobretudo, para que haja liberdade e dignidade”.

Quanto ao evento desta quarta-feira, Janira Hopffer Almada disse que se pretendeu relembrar o tempo para se continuar a ter inspirações nos “ideias e valores basilares” da Nação cabo-verdiana e “continuar a trabalhar por Cabo Verde”, refere a mesma fonte.

A actividade contou com a presença dos Combatentes da Liberdade da Pátria, Osvaldo Lopes da Silva e Jorge Querido, enquanto palestrantes, moderados por Iva Cabral.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project