Presidenciais 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Janira Hopffer Almada declara apoio a José Maria Neves num ambiente eufórico 28 Setembro 2021

Depois do apoio do comandante Pedro Pires (ver foto), a candidatura de José Maria Neves à Presidência da República de Cabo Verde somou, hoje, um outro apoio politico substancial. Num ambiente de euforia pelos presentes, Janira Hopffer Almada (ver imagens na roda pé deste peça) declarou, no Espaço Salav junto da Cruz de Papa, na Praia, o seu apoio incondicional ao candidato presidencial José Maria Neves, realçando que «este é o momento de assumir as causas que são mais importantes do que as pessoas».

Janira Hopffer Almada declara apoio a José Maria Neves num ambiente eufórico

Aplaudida de princípio ao fim por dirigentes, deputados, militantes e amigos que compareceram ao local, JHA advertiu que este é o momento de todos se colocaram ao lado dos interesses de Cabo Verde, movidos por um espirito patriótico. «Por tudo isso e tendo o PAICV declarado o seu apoio nas eleições presidenciais de 17 de outubro ao cidadão José Maria Neves, eu, Janira Hopffer Almada, enquanto cidadão consciente, como militante responsável e, sobretudo, como ser humano que escolhe Cabo Verde, respeito a decisão do meu partido e apoio essa candidatura apoiada pelo PAICV», exprimiu sob fortes aplausos.

JHA fez questão de realçar que se mantém firme em relação às causas por que tem lutado. «Apesar de não liderar o PAICV desde 30 de Maio de 2021, eu assumo o passado, valorizo o meu percurso e mantenho-me convicta das lutas que, por essas mesmas causas e de forma digna, travei».

Questionada se quando afirmou que «as causas são mais importantes do que as pessoas» está a referir do pouco envolvimento direto de José Maria Neves na campanha para as legislativas ou se Neves não se evolveu na campanha por pretender ser candidato à PR, Janira voltou a repetir que, neste momento, «o mais importante é defender os interesses de Cabo Verde», sublinhado que « isso sobrepõe-se a qualquer outra questão eventualmente existente».

Equilíbrio contra hegemonia política no país

Janira Hopffer Almada alertou para a necessidade de equilíbrio do poder, neste momento, em Cabo Verde, evitando a concentração de poderes no partido do governo (MpD). «Temos uma história e um percurso admiráveis, fruto da tenacidade e da resistência dos cabo-verdianos e que nos deve orgulhar a todos. Entretanto, é cada vez mais evidente que a hegemonia política pode prejudicar o nosso processo de desenvolvimento, afectando vários dimensões da nossa vida em sociedade e, particularmente, a transparência na gestão da coisa pública, da qual depende, em grande medida, a nossa credibilidade, um dos maiores ativos de Cabo Verde».
A conferencista advertiu que, além do poder autárquico, agora o mesmo partido (MpD) detém a maioria parlamentar, a quem cabe suportar politicamente o governo de República. «Assim, e em nome do equilíbrio de poder e dos ganhos que o mesmo poder pode ter na defesa dos supremos interesses de Cabo Verde, seria importante que o mais alto magistrado da Nação (Presidente) não fosse eleito com o apoio do mesmo partido que, neste momento, governa o país, a nível central, e que governa também, a nível autárquico, maioritariamente».

Ideais de Esquerda e questionamentos sobre regresso à liderança

Ainda durante a conferência da imprensa de hoje, Janira Hopffer Almada foi confrontada se, com esta declaração de apoio à candidatura presidencial de JMN, pretende dar um sinal de querer regressar à liderança do PAICV. «Sim», respondeu de imediato um dos elementos presentes, acompanhado de aplausos pela plateia eufórica.

Entretanto, JHA respondeu que este não é o momento de se falar da liderança do PAICV, mas sim dos interesses do país com as presidenciais de 17 de outubro próximo. Lembrou que já tinha explicado as razões da sua demissão ao cargo de presidente do partido. Que suspendeu a sua função de deputada para regressar à sua profissão de advogada, afirmando sentir-se bem realizada neste momento. Sublinhou, contudo, que pode continuar a trabalhar e defender os interesses de Cabo Verde em qualquer lugar onde estiver.

Para Janira Hopffer Almada, o PAICV é o partido no qual escolheu para militar, de forma consciente e voluntária. «É nos valores da Esquerda moderna, democrática r progressista que me revejo. E são os ensinamentos de Amílcar Cabral que sempre me nortearam e que me inspiram. Por isso mesmo, entendo que este é um momento particular (Eleições Presidenciais), em que o posicionamento em coerência e com consciência, é importante», sustentou JHA durante a conferência de imprensa de hoje, onde declarou o seu apoio ao candidato presidencial José Maria Neves, também apoiado pelo PAICV.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project