INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Japão: Canícula faz 11 mortes, 5664 hospitalizados — Alerta para "trabalhar menos" 03 Agosto 2019

Altas temperaturas em todo o Japão desde a última semana já causaram a morte de onze pessoas, entre as quais está um jovem de 28 anos, e cinco mil, sesicentas e sessenta quatro hospitalizações.

Japão: Canícula faz 11 mortes, 5664 hospitalizados — Alerta para

O máximo de 37,2ºC registado em Gifu – município 500 km a noroeste de Tóquio — é superado por outros máximos históricos chegando perto dos 50°C um pouco por todo o mundo, mas no Japão com uma população envelhecida a canícula teve efeitos mais devastadores. Onze mortes e mais de cinco mil hospitalizações em julho, segundo fontes médicas veiculadas pela imprensa local.

O serviço meteorológico nipónico dá conta que oitenta por cento dos 926 postos de medição da temperatura registaram, entre segunda e terça-feira, valores inéditos, acima dos trinta graus centígrados.

O fim da estação pluvial, em julho, segundo a mesma fonte, foi seguido de uma elevação da temperatura em todo o Japão que deve manter-se durante a primeira semana de agosto, segundo a mesma fonte.

Workaholics vão ter de desacelerar, recomendam autoridades

A morte do jovem que sofreu, logo às 7H30 da manhã, um ataque cardíaco ao fim de duas horas de trabalho exaustivo — uma atitude que tem um nome local, karoshi — levou as autoridades a alertar que perante as altas temperaturas as pessoas "têm de parar para descansar".
— -
Fonte: Japan Times/Bloomberg. A capital japonesa introduziu um sistema de arrefecimento na baixa de Tóquio, fotografada na segunda-feira, 29. Relacionado: 45,9ºC à sombra faz soar alerta vermelho – Pior que recorde de 44,1ºC que matou milhares de franceses em 2003, 29.jun. 2019

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project