NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Japão: Polícia deteve autor de incêndio em estúdio de cinema que matou 36 pessoas 18 Junho 2020

Mais de dez meses depois da tragédia no KyoAni que matou mais de trinta pessoas e deixou outras tantas desfiguradas com queimaduras, foi enfim detido Shinji Aoba, de 42 anos, que esteve este tempo todo hospitalizado depois de sofrer queimaduras em 90% do corpo.

Japão: Polícia deteve autor de incêndio em estúdio  de cinema que matou 36 pessoas

As autoridades identificaram de imediato o suspeito de ter ateado o incêndio que em julho do ano passado matou imediatamente trinta e três pessoas e deixou com queimaduras extensas as demais num total de setenta que se encontravam no local, além de destruir a produtora de cinema de animação KyoAni, em Kyoto/Quioto.

Shinji Aoba, de 41 anos — cuja motivação para o crime ainda está por apurar —, esteve hospitalizado mais de dez meses, porque também sofreu extensas queimaduras, ao regar de petróleo o local e pegar-lhe fogo.

Há duas semanas com a aprovação dos médicos, a polícia concluiu que Shinji Aoba pode "ficar em prisão provisória" e "responder ao interrogatório de investigação", segundo o online The Mainichi. A esquadra teve de fazer adaptações nas instalações para receber o detido acamado, segundo a televisão pública NHK.


"Pessoas a sair todas queimadas"

Testemunhas descreveram: "Ouvimos uma grande explosão e de seguida vimos chamas que envolveram em segundos todo o edifício".

Os moradores nas casas mais próximas do estúdio relataram que viram "pessoas a sair todas queimadas".

O incidente teve lugar a meio da manhã do dia 18 de julho, no estúdio de cinema de animação, estabelecido num prédio de três pisos na cidade de Kyoto, a 350 km da capital. O KyoAni é, fora de Tóquio, o único estúdio de cine-animação que tem sucesso internacional, revela a BBC.

A produtora é conhecida internacionalmente pelos filmes de animação da série "Sound! Euphonium" (em tradução livre "A gravar! Saxofone") que se baseia num romance juvenil escrito em 2013. A protagonista é a personagem Kimiko, uma adolescente a braços com as aventuras da vida de liceu, e que tem como melhor amigo o seu saxofone.

Ameaças por email a empresa com salários mais justos

O diretor Hideaki Hatta disse à comunicação social que a empresa, onde nessa manhã estavam setenta pessoas a trabalhar, tinha vindo a receber emails com ameaças.

"Morram todos", diziam alguns dos emails chegados ao departamento comercial da KyoAni, revelou Hatta, cuja esposa, Yoko Hatta, fundou a empresa nos anos de 1980 e se mantém como a diretora artística.

O diretor diz não entender "porque é que alguém atacou as pessoas que contribuíram para construir a indústria de animação no Japão". "É insuportável terem perdido assim a vida”.

A produtora, segundo a BBC, demarca-se de outras por pagar um salário regular aos seus colaboradores, ao contrário dos concorrentes que pagam à peça causando assim extrema pressão à equipa.
— 
Fontes: Japan Times/BBC. Relacionado: Japão: 33 morreram, dezenas sofreram vários graus de queimaduras em fogo-posto num estúdio de cinema, 20.jul.019. Foto (captura de ecrã da TV NHK): As chamas envolveram em segundos todo o edifício do maior estúdio de cinema de animação em Kyoto. Os bombeiros demoraram cinco horas para extinguir o fogo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project